Horror no Catarse: Edição nº 8 da revista Diário Macabro entra em financiamento e marca história da editora

Editora também relançará as 4 primeiras edições da revista para 
comemorar o fim de um ciclo e o início de outro



A editora Diário Macabro lança nesta quinta-feira (13) o projeto de financiamento coletivo para a edição nº 8 da revista Diário Macabro na plataforma Catarse. A revista, que contará com contos de terror e horror de 16 autores brasileiros, é semestral e completa a cada 4 números um ciclo. Com esta edição a editora chega ao final do seu segundo ciclo. Para comemorar, o dinheiro arrecadado no Catarse não apenas servirá para financiar o novo projeto, como também para reeditar os primeiros 4 números já esgotados, em uma nova oportunidade para os leitores. O projeto terá duração de 40 dias para apoio no catarse a partir do dia 13 de maio.

A Revista Diário Macabro é uma coleção lançada exclusivamente pelo Catarse. “É uma antologia de contos que reúne o melhor do horror de todo o Brasil. Apesar de ser chamada de revista - o que é, na verdade, uma homenagem às revistas pulp do século passado -, ela é um livro, que costuma ter uma média de 140 a 200 páginas contendo contos, ilustrações e entrevistas com mestres do horror”, conta Nathalia Scotuzzi, editora da Diário Macabro. 

Nathalia também explica que o projeto nasceu em 2017, ganhou espaço e a cada nova edição as metas aumentam. A editora, como um todo, já realizou 16 campanhas na plataforma, entre livros, revistas e quadrinhos.”Sempre alcançamos valores acima da meta necessária e produzimos materiais com muito capricho e qualidade. Já fazemos parte da tradição do Catarse como uma das realizadoras de campanhas de literatura e quadrinhos mais presentes!”, afirma.

Os apoiadores terão direito a várias recompensas, desde as básicas como marcadores de páginas e pôsteres até as mais elaboradas como boxes comemorativos com várias edições e uma caixa personalizada e limitada. Ao apoiar com R$38 por exemplo, os leitores já receberão um exemplar impresso da revista com frete grátis. “As pessoas que apoiarem terão a oportunidade de conhecer o trabalho de ótimos escritores em excelentes histórias”, diz Scotuzzi.

Os interessados podem acompanhar todo o processo do catarse pelo instagram da editora Diário Macabro ou pela página da editora no Catarse.


Confira a lista de contos e autores que participam da oitava edição:

  • A Esperança De Vito Gambino – Gabriel Paiva
  • A Ópera Dos Doces Horrores – Diego Mendonça
  • As Agulhas – Úrsula Antunes
  • Pra Que Serve Um Fantasma? – Rodrigo Ortiz Vinholo
  • E.A.D. – Nunes Pedroso
  • Fome Como Nenhuma Outra – Bárbara Cavalcante
  • Linhas De Sangue – Marlon P. Silva
  • A Pintura Na Gruta – Tauan Souza
  • O Lote N. 512 – Thassio Rodrigues
  • Você Não Pertence A Esse Lugar – Jessica Dias
  • Violência – Ivy Mallviery
  • Os Sinos De Santo Antão – Lucas Freitas
  • Parabélum – Julierme Rabello De Souza
  • Quid Pro Quo – Rafael Rodrigues
  • Nós - Bruna Corrêa
  • Tinnitus - Anne Demeneck

Sobre a editora Diário Macabro:
A Diário Macabro é uma editora dedicada inteiramente a gêneros literários que desde sempre nadaram contra a corrente: o fantástico, o terror em todas as suas vertentes, e a ficção científica. Além da revista, publicam traduções dentro desses gêneros. Em 2019, lançaram O enigma de outro mundo, de John W. Campbell; em 2020, A casa no limiar e outras histórias, de William Hope Hodgson, e Wieland, ou a transformação, de Charles Brockden Brown. No momento estamos perto de lançar A cidade dos amaldiçoados, de John Wyndham. Além disso, publicam diversas antologias temáticas e HQs. Todo o material pode ser encontrado na loja virtual: https://diariomacabro.lojaintegrada.com.br/

A equipe fixa é formada por apenas três pessoas: Nathalia Sorgon Scotuzzi, que cuida da parte editorial e técnica, Pedro H. S. Andrade, responsável por toda a parte gráfica da editora, e Jordan Florio de Oliveira, especialista em marketing. 

Mais informações:
Site oficial da editora: https://www.diariomacabro.com.br/
Catarse da editora: https://www.catarse.me/users/587702-editora-diario-macabro
Instagram da editora: https://www.instagram.com/editoradiariomacabro/
Loja da editora: https://diariomacabro.lojaintegrada.com.br/

Fonte: assessoria de imprensa 
Leia Mais ►

 Cornershop by Uber oferece sacolas de compras edição limitada e cashback, além de crédito para comemorar o primeiro aniversário no Brasil

- Aplicativo convidou ilustradores famosos no Instagram para criar as ecobags comemorativas, com o objetivo de adicionar um toque extra de arte e positividade ao dia-a-dia de sua crescente comunidade de usuários 

- Empresa disponibiliza recompensas de R$50 de cashback para novos membros POP e créditos de R$30 que podem ser aplicado ao primeiro pedido de usuários

A Cornershop by Uber, aplicativo desenvolvido para te ajudar na compra de produtos do seu supermercado local favorito, bem como supermercados independentes e lojas especializadas, do conforto da sua casa, celebra o seu primeiro aniversário de operações no Brasil durante esse mês. 

Com a Cornershop by Uber completando seus primeiros 12 meses no país, com serviços agora disponíveis em 70 cidades, abrangendo áreas metropolitanas e urbanas em todo o Brasil, sua equipe sente que há motivos para comemorar. Em tempos tão desafiadores, a Cornershop by Uber tem o orgulho de ter ajudado muitos usuários a usar o tempo que estariam gastando fazendo compras, para desfrutar de suas famílias e hobbies, focar no trabalho ou mesmo dar mais atenção a si mesmos, enquanto seus pedidos são realizados por Shoppers experientes que se esforçam para fazer suas compras exatamente como os clientes fariam.

"Criar algo especial para reconhecer o papel de todos no quanto avançamos durante o ano passado foi muito importante para nós. É ótimo perceber que nossas comunidades crescentes de usuários, Shoppers e parceiros de varejo nos escolheram para fazer suas compras, complementar suas rendas, ampliar suas vendas e fazer seus negócios crescerem. Estamos muito, muito gratos a todos eles e animados com tudo o que está por vir e o que podemos construir juntos ", diz Cristina Alvarenga, Head da Cornershop by Uber no Brasil.


Sobre a edição comemorativa, limitada e original das ecobags da Cornershop by Uber 

As sacolas da Cornershop by Uber são parte essencial do caráter e da experiência personalizada da marca Cornershop e, por isso, foram escolhidas para representar o sentimento de realização da equipe no final deste primeiro ano. As edições limitadas de ecobags de aniversário apresentam designs originais criados por dois importantes artistas plásticos brasileiros: Carla Barth e Felipe Guga.

Carla Barth, que vem de uma família dedicada às artes e já teve seus trabalhos exibidos no Brasil e no exterior, é conhecida por criar seus próprios universos fantásticos, habitados por criaturas estranhas e poéticas, tão enigmáticas quanto alegres e divertidas. Felipe Guga é um ilustrador e artista plástico, nascido e criado no Rio de Janeiro, que desde 2015 usa o Instagram como principal meio de comunicação de seu trabalho. Sua arte é um reflexo de seu propósito pessoal de ajudar a espalhar luz, amor, fé e gratidão.

Os artistas foram escolhidos para traduzir a cultura e experiência da marca  Cornershop by Uber - apresentando itens de mercearia, Shoppers e clientes em suas casas - em uma ilustração original, bonita e envolvente que, ao mesmo tempo, transmite seu amor pela comunidade e adicionaria um toque de positividade e alegria para os dias de quem carrega o saco ecológico em suas tarefas.


Sobre as ofertas de cashback de R$50 da Cornershop e R$30 de crédito no primeiro pedido.

Hoje, os usuários podem ter entrega no mesmo dia de varejistas como Carrefour, Pão de Açúcar, Big, Atacadão, Sam's Club, Extra, Prezunic e também lojas especializadas locais que oferecem um leque completo de opções quando clientes precisam de algo um pouco diferente, como artigos de drogaria, flores, chocolates, brinquedos para animais de estimação e até peças de decoração para casa.

As ofertas especiais comemorativas incluem um cashback de R$50 em assinaturas do plano anual para usuários ativos ou R$30 de crédito no primeiro pedido (em pedidos com valor mínimo de R$150) para permitir que novos usuários experimentem as compras “do jeito Cornershop ”, combinando a sensação de navegação e qualidade final obtidas nas tradicionais compras dentro da loja, feitas a partir de um aplicativo super fácil de usar, sem sair de casa.

Para se inscrever na oferta comemorativa por tempo limitado, os novos usuários devem baixar o aplicativo Cornershop by Uber de sua loja de aplicativos favorita, criar uma nova conta e, conforme solicitado, aplicar o código promocional BOLO. O código BOLO terá validade até o dia 7 de maio.

Haverá também promoções e descontos especiais dentro do app, na seção Aniversário das lojas, para todos os usuários desfrutarem.


Sobre a Cornershop by Uber

Com sede em São Francisco e operando no Brasil desde 2020, a Cornershop by Uber é uma plataforma de tecnologia projetada para os consumidores poderem navegar e comprar produtos de supermercados locais, mercearias independentes e lojas especializadas locais para entrega programada ou sob demanda em apenas 90 minutos. Lançada pela primeira vez no Chile, a Cornershop foi fundada pelos amigos Oskar Hjertonsson, Daniel Undurraga e Juan Pablo Cuevas, e agora está disponível no Brasil, Canadá, Colômbia, Costa Rica, México, Peru e Estados Unidos.



Fonte: assessoria de imprensa 


Leia Mais ►

  "Histórias na Varanda" irão encantar sua família!

Livro será lançado em maio e pretende despertar a beleza dos laços familiares

Em junho de 2019, a psicóloga Maria Angélica Amarante dos Anjos, moradora de São Bernardo do Campo/SP, viveu uma experiência fantástica: o lançamento do primeiro livro, intitulado “Fui adotada aos 56 anos – Uma história real de Adoção Tardia”. A obra foi lançada graças ao prêmio que a psicóloga recebeu do Edital ProAc, promovido pela Secretaria de Cultura de São Paulo. 

Neste ano de 2021, no dia 25 de maio, praticamente dois anos após o primeiro livro, Angélica está a todo vapor preparando o lançamento da segunda obra, cujo título é “Histórias na Varanda – Conversas sobre Adoção e Vida”. Desta vez, resultado da premiação que Angélica recebeu da Lei Aldir Blanc, do Governo Federal e Secretaria de Cultura e Juventude de São Bernardo do Campo. 

Percebeu que os dois livros têm no título a palavra ADOÇÃO?

Pois é, este é um termo muito presente na vida de Angélica, já que, em 2014, aos 56 anos, ela e o esposo Wilson dos Anjos, se tornaram pais pelas vias da adoção do menino Jonas, que na época, estava com 8 anos e meio de idade.

Desde então, juntos, os integrantes da família Anjos, têm passado por diversas experiências e transformações proporcionadas pela maternidade. Estas experiências despertaram em Angélica o desejo de auxiliar outras famílias e casais que estão no processo de adoção ou pretendem adotar, mas ainda possuem dúvidas sobre esta escolha.  

Com a missão de ajudar estas famílias e também as crianças e adolescentes que estão nos abrigos à procura de um lar, é que Angélica tem se dedicado a este belíssimo trabalho, feito com muito carinho. Tanto no primeiro quanto no segundo livro, os leitores podem entender melhor sobre este universo da adoção, que infelizmente, ainda tem pouca visibilidade e é cercado por preconceitos.

 

Sobre o livro

O “Histórias na Varanda” tem como objetivo levar o leitor a refletir sobre a importância da família e dos vínculos afetivos. “Uma leitura leve, carregada de emoções, com uma pitada de humor. Este livro é mais uma oportunidade para falar sobre o mundo da adoção e da chegada dos filhos, que é tão igual e tão diferente ao mesmo tempo”, conta a autora. 

Sobre o que a inspirou a escrever mais uma obra, a psicóloga revela que é justamente a necessidade de as pessoas entenderem o universo da adoção e o mundo de uma forma mais aberta, livre de preconceitos e pré-julgamentos. “Quem entra num processo de adoção encontra ao mesmo tempo o filho que chega e o filho que um dia fomos. Vejo o amor não somente como um sentimento, mas principalmente como uma ação. Você sai da sua zona de conforto e se propõe a fazer algo para alguém ou para uma coletividade”, destaca Angélica.

Sobre a escolha do título, a autora revela que é devido a varanda ser o local preferido da casa. “Adoro plantas, luz, estrelas, conversas com amigos, um bom descanso. O ambiente de uma varanda remete a tudo isso”, acrescenta.

Com relação a leitura, a autora indica que o público encontre um local tranquilo e confortável para ler e pare para pensar sobre diversos aspectos da vida, em especial a adoção de crianças e adolescentes e a vida em família. “É preciso lembrar de quem somos e construir quem seremos. Tornando-se mais humano, criando filhos melhores e fazendo algo de útil para a coletividade, teremos um dia a concretização de um mundo melhor como tantos um dia já sonharam”, finaliza a psicóloga. 

 

Lançamento

No dia do lançamento, que será feito virtualmente, por conta da pandemia, Angélica contará com a participação de diversos convidados. Dentre eles, amigos atuantes na área da Cultura do Município de São Bernardo, personalidades engajadas no mundo da adoção e pessoas que são queridas para ela, e que vivenciaram algumas das histórias que inspiraram os textos. Segundo Angélica, todos foram importantes para que o sonho de produzir o livro fosse concretizado.

Vale a pena participar! 

Serviço – Lançamento do Livro “Histórias na Varanda”

 Autora: Maria Angélica Amarante dos Anjos

Data de lançamento: 25 de Maio, data em que celebramos o Dia Nacional da Adoção.

Horário: 10h

Onde: Virtualmente por meio da Página do Facebook:  Anjos da Guarda Serviços de Apoio à Adoção.

Link da Página: https://www.facebook.com/Anjos679


Fonte: assessoria de imprensa 

Leia Mais ►

 Dia das mães: 

5 sugestões de presentes em crochê


Por que não dar um presente diferente nesse Dia das Mães? Crochet com a Paty, e-commerce especializado em peças em crochet, traz sugestões que podem ser customizadas

Dia das Mães é sinônimo de carinho e amor. Por que não dar um presente diferente para aquela que sempre fez tudo pelos filhos? O Crochet com a Paty, e-commerce voltado à venda de peças feitas em crochet, prova que é possível inovar. A marca reinventou o conceito de ‘hand made’, oferecendo peças exclusivas.

Cada item é confeccionado por encomenda e pode ser customizado, sendo possível escolher a cor, alça, botão, medidas e forro, entre outros detalhes.

O portfólio da loja é composto por mais 30 produtos. São bolsas, chapéus, mantas, coletes, pantufas e jogos americanos, entre diversos outros itens. Destacamos, abaixo, alguns itens que vão encantar e conquistar mães de todos os tipos de personalidade e idades!


Bucket hat (chapéu)

O bucket hat é uma novidade da loja Crochet com a Paty. A melhor maneira de aproveitar o outono com charme e sofisticação!

Composição: linha amigurumi 100% algodão mercerizado.

Preço ao consumidor: R$ 200,00


Manta

A manta é de Fio Urbano com toque incrível e uma cartela de cores suaves.

Composição: 80% acrílico e 20% Poliamida

Preço ao consumidor: R$ 400,00


Pantufa

A pantufa também é feita de Fio Urbano, com toque macio e uma cartela de cores suaves.

Composição: 80% Acrílico e 20% Poliamida

Preço ao consumidor: R$ 160,00


Bolsa Paris

A Bolsa Paris é uma peça artesanal de crochet com alças de elos de resina para dar o charme ao seu look. Estilosa e vai com tudo!

Composição: Fio antúrio 5mm 100% poliéster; Alça de elos de resina; Forro 100% algodão ou cetim (da escolha do cliente); Fecho Imantado 18mm; Zíper.

Preço ao consumidor: R$ 280,00


Bolsa Milão

A Bolsa Milão é artesanal e confeccionada em crochet no nosso modelo pipoca com alça de elos. Muito elegante!

Composição: Fio antúrio 5mm 100% poliéster; Alça de elos de resina; Forro 100% algodão ou cetim (da escolha do cliente); Fecho Imantado 18mm; Zíper.

Preço ao consumidor: R$ 250,00


Os pedidos podem ser realizados pelo próprio site: www.crochetcomapaty.com.br, pelo Instagram @crochetcomapaty ou pelo WhatsApp (11) 99598-3670.


Sobre a Crochet com a Paty - E-commerce voltado para a venda de bolsas e outras peças de crochet, o diferencial do Crochet com a Paty é a possibilidade de personalização: cada item é produzido especialmente para o cliente, que pode customizá-la totalmente. Criado pela empreendedora Patrícia Parsequian, o Crochet com a Paty nasceu a partir da habilidade com o crochet e a vontade de oferecer algo único. Em breve serão lançados outros modelos de bolsas e peças para casa. Para mais informações acesse: www.crochetcomapaty.com.br


Sobre Patrícia Parsequian: Paulistana, Patrícia Parsequian tem 51 anos, é casada e tem dois filhos: Guilherme de 17 anos e Pedro de 12 anos. Formada em Administração de Empresas, em paralelo à Crochet com a Paty, a empreendedora também cuida da gestão de uma empresa familiar.

Fonte: assessoria de imprensa

Leia Mais ►

Investimento em tecnologia se 

torna essencial na saúde

A pandemia do Coronavírus acelerou a saúde digital e o aprimoramento da

 infraestrutura de TI nas unidades do setor

 


A pandemia da Covid-19 chegou no Brasil atropelando todos os questionamentos que atrasavam o avanço da tecnologia na saúde. Um pouco mais de um ano depois, o número de brasileiros mortos ultrapassa os 345 mil e o cenário é de colapso pela alta quantidade de infectados, falta de leitos e equipamentos necessários para o tratamento. Com isso, a tecnologia se tornou essencial por contribuir com os profissionais que atuam na linha de frente, desde atendimento ao paciente a gestão dos hospitais.

 

Diante desse panorama, os quadros de superlotação podem ser agravados com falhas ou quedas, por isso todo erro ou interrupção dos sistemas devem ser prevenidas e evitadas. Soluções de TI disponibilizadas pela Flowti, empresa especializada em criar e manter ambientes críticos, dinâmicos, inteligentes, contribuem com a segurança e tecnologia de ponta para apoiar instituições de saúde, como é o caso do Hospital Bruno Born, localizado em Lajeado, no Rio Grande do Sul.

 

Para Fabrício Scheunemann, coordenador de TI da instituição, contar com o monitoramento 24x7x365 e suporte da Flowti foi de extrema importância para o bom funcionamento do hospital nos últimos 13 anos e especialmente nesse momento de pandemia. “Através da gestão do monitoramento da estrutura de TI, realizada pela empresa, conseguimos garantir o objetivo principal que é manter o banco de dados Oracle funcionando no nível máximo de eficiência e segurança para os quais os sistemas foram desenvolvidos, como é o caso do Tasy EMR, utilizado pelo hospital”, afirma. “A complexidade da infraestrutura da TI e as especializações de tecnologia e capacitação para a gestão do banco de dados demandam muitos especialistas, por isso optamos pelos serviços da Flowti. A escolha deu-se graças à equipe especializada em soluções robustas para melhorar a performance no ambiente de TI dos negócios, certificada e experiente e que atua diretamente na infraestrutura de dados que utilizamos”, completa.

 

Recentemente um incidente climático colocou a equipe à prova, quando um raio caiu nas proximidades e afetou a infraestrutura de TI do Hospital Bruno Born. “Nosso monitoramento imediatamente identificou e comunicou o cliente sobre um problema na infraestrutura de TI do hospital. Com atuação ágil, estabilizamos o ambiente dentro da janela de tempo esperada para esse tipo de situação. A proatividade da equipe levantou outros pontos de atenção e necessidades de melhorias. Para o sucesso da ação, tínhamos uma equipe técnica multidisciplinar à disposição do cliente, com especialistas em diferentes frentes”, conta o DBA Oracle da Flowti, Maicon Carneiro.

 

“O monitoramento realiza um papel vital para a gestão de ambientes de missão crítica e nós sabemos disso. Por isso investimos muita tecnologia nesse tipo de serviço e sabemos que a demanda por ele só aumentará. A pandemia acelerou ainda mais esta visão de que os ambientes digitais não podem mais parar e se conecta com a nossa estratégia de sermos eficientes na gestão deste tipo de negócio”, destaca Rodrigo Luchtenberg, diretor de serviços da Flowti.

Para saber mais sobre as soluções de TI da Flowti, acesse o site https://flowti.com.br/.


Sobre a Flowti

Especialista em tecnologia e segurança da informação há mais de 25 anos, a empresa entende que tudo precisa funcionar em perfeita ordem, por isso, é especialista em criar e manter ambientes de missão crítica, dinâmicos, inteligentes e seguros.

Através de boas práticas de governança e gestão, unindo tecnologia de ponta e processos bem definidos aos melhores talentos, humanos e técnicos, a Flowti entrega as soluções mais robustas do mercado para evoluir o ambiente de TI dos negócios rumo aos mais altos índices de maturidade.

 

Sobre o Hospital Bruno Born

O Hospital Bruno Born é uma instituição filantrópica, com mais de 80 anos, localizado em Lajeado, no Rio Grande do Sul.

Os constantes investimentos na modernização e no aprimoramento das atividades desenvolvidas no hospital, garantem aos seus pacientes a certeza do melhor acompanhamento médico da região. Do diagnóstico ao atendimento especializado, o Bruno Born e sua crescente qualificação, como a certificação ONA (Organização Nacional de Acreditação) Nível 3 – selo ouro (nível máximo), recebida em dezembro de 2020, proporcionam a projeção de um futuro repleto de saúde para toda a população da região e interior do Estado.


Fonte: assessoria de imprensa 

Leia Mais ►

 Pimpos Health lança plataforma voltada para a saúde infantil e uso de profissionais da área

Criada por empreendedores do Pará, iniciativa é inédita no Brasil e permite o armazenamento e uso do histórico de saúde consolidado das crianças digitalmente

Ao se tornarem pais, os paraenses Fabio Mendes e Janderson Brandão decidiram largar o emprego em uma grande fábrica de softwares em uma multinacional para investir no próprio negócio. Nascia assim  a ideia de desenvolver a plataforma de saúde infantil Pimpos Health, serviço pioneiro no Brasil, que permite o armazenamento e uso do histórico de saúde consolidado de crianças de 0 a 17 anos de forma digital. As ferramentas para o uso de pais e outros familiares, quanto a classe médica infantil, já estão em operação e disponíveis. 

Segundo o CEO da Pimpos,  Fabio Mendes, as operações iniciais têm como foco o mercado amazônico, mas há planos a curto prazo de passar a atender outras regiões do Brasil. De acordo com ele, a startup de saúde infantil nasceu das dificuldades sentidas por ele e o sócio, além da experiência de amigos em  organizar, por conta própria, quais seriam as próximas consultas e vacinas a se tomar, e quando ia ao pediatra quais os resultados do exame levar. Fábio e a esposa também tinham dúvidas de quando a caderneta de saúde deveria ser atualizada pelo médico e até mesmo de encontrar profissionais, médicos pediatras ou de outras profissões ligadas à saúde infantil.

“Muitos pais, de primeira ou mais viagens, podem se deparar com esses tipos de questões práticas. A Pimpos traz um conteúdo que não existia no Brasil e é muito útil, ao centralizar vários recursos, como a digitalização completa da carteira de saúde dentro de uma nuvem,  e disponibilizar multi-serviços a fim de facilitar a vida dos usuários/clientes e com custo acessível”, explica. Desde 2020, a startup conta com um diretor médico, o ortopedista e traumatologista Luiz Campelo e que tem trabalhado em oferecer as melhores orientações e práticas tanto para o público quanto para os colegas que vão utilizar a plataforma.

O uso do aplicativo pelo público não terá cobrança inicialmente e a expectativa dos criadores da Pimpos Health é que possa ser cobrada uma mensalidade a médio prazo. Já para o uso da plataforma por profissionais da saúde infantil da rede privada há cobrança e os preços variam de acordo com o número de pacientes cadastrados nela. Atualmente, eles vão de R$99 a R$499,00 por mês e quanto mais profissionais o médico trouxer para a plataforma, descontos serão aplicados. Mais informações e negociações podem ser obtidas e feitas pelo site https://www.pimposhealth.com/.

Recursos e vantagens da Pimpos

Para os que usam o aplicativo, é possível ter acesso algumas vantagens como: a caderneta de saúde digital; a carteira de vacinação com calendário público e privado;  o compartilhamento do cuidado com vários guardiões, como os tios e avós; o armazenamento de resultados de exames, histórico de medidas, alergias e doenças; ferramenta de apoio a tratamento médico, com alerta de aplicação de medicamentos, assim como o acesso ao guia de profissionais especialistas em saúde infantil, com agendamento de consultas online.

Para os profissionais de saúde, a plataforma da Pimpos oferece desde o cadastro de pacientes, agenda de atendimento e outras configurações para seu consultório. É possível ter acesso ao prontuário eletrônico unificado, assim como prescrever uma receita digital e fazer o recebimento de informações do paciente integrado ao app da família.

Já a integração entre o paciente e o profissional da saúde pode ser feita por meio da centralização do histórico de saúde na nuvem e da consolidação de informações de saúde, o que permite uma análise muito mais completa e ágil, facilitando a conduta e reduzindo riscos de erro médico.

O acesso rápido a todos esses dados de forma digital faz com que o profissional tenha mais tempo para humanizar o seu atendimento e responder a dúvidas dos pais. Isso aumenta a qualidade do atendimento e da satisfação da família, o que ajuda a reter os clientes e aumenta a probabilidade de indicação. A centralização e consolidação de todos esses dados da criança durante sua jornada infantil também são importantes para que os indicadores da saúde possibilitem a pesquisa e desenvolvimento de novos produtos, medicamentos e wearables que podem ajudar as crianças a se desenvolver mais e melhor.

Empreendedorismo verde

Por se tratar de um produto 100% online, a Pimpos reforça o compromisso de ser uma startup com valores ambientais e preocupada com a preservação da floresta amazônica por meio do desenvolvimento de negócios sustentáveis. “Queremos que os pais e outros familiares possam ter o histórico de saúde de suas crianças na palma da mão, de forma rápida e acessível, e que consumam cada vez menos papel para isso. Só quem é pai sabe o quão é ruim ter um filho doente. A preocupação e ansiedade afetam de uma forma que tudo ao redor fica caótico e descontrolado, trazendo inclusive consequências para a própria saúde, principalmente a mental. Queremos oferecer mais tranquilidade e praticidade”, destaca Fabio.

Empreender na região Norte do país também é um bom desafio, pois segundo o CEO da Pimpos, a grande maioria de empresas que focam em inovação na área de saúde estão no eixo Sul-Sudeste, e isso ajuda as startups desta região terem maiores oportunidades. “Por outro lado, estar em uma região onde a saúde é bastante precária, com grandes dificuldades na infraestrutura, logística e educação da população, nos favorece a criar um produto que realmente pode resolver o problema da saúde infantil no Brasil todo e que pode ser levado e reproduzido em outras áreas. Temos a intenção e estamos trabalhando para expandir as operações da empresa e sermos nacionalmente conhecidos”.

  

Sobre a Pimpos Health

A Pimpos Health nasceu da necessidade em facilitar a vida e cuidar dos primeiros passos e de todo o desenvolvimento de crianças de 0 a 17 anos e facilitar o acesso de dados para pais, familiares, profissionais e serviços da saúde por meio de uma base consolidada do histórico de saúde de seus filhos, sobrinhos e netos. Por meio de um serviço na nuvem, as informações de saúde ficam armazenadas e acessíveis na hora de saber quando tomar a próxima vacina, ir à próxima consulta e monitorar a saúde.

Siga a Pimpos nas redes sociais:

Site: https://www.pimposhealth.com/

Instagram: https://www.instagram.com/pimposhealth/

Facebook: https://www.facebook.com/pimposhealth

YouTube: https://www.youtube.com/channel/UCPHcEmqYTWu86aJDiYNaZmA

Linkedin: https://www.linkedin.com/company/pimposhealth/


Fonte: assessoria de imprensa 

Leia Mais ►

 Bolsas de crochê ganham novo e-commerce

Crochet com a Paty - amor em forma de bolsas - entrega para todo o país

Cuidado e amor transformados em arte. São esses os sentimentos transmitidos pelos produtos do Crochet com a Paty, e-commerce lançado recentemente e especializado em peças confeccionadas em crochet.

A arte, desenvolvida como se conhece hoje no século 16 e que começou a se popularizar na França no século 19, é popular também no Brasil. A história da Crochet com a Paty começou em 2019, quando a empreendedora Patrícia Parsequian fez um curso de crochet com duas amigas.

"No início as aulas foram desafiadoras, mas aos poucos percebi uma grande facilidade para a técnica. As peças produzidas começaram a se transformar em presentes para amigos e familiares - e então as encomendas começaram", explica Patrícia.

E o que se iniciou como uma terapia para superar a perda da mãe (que também era apaixonada por trabalhos manuais), transformou-se em uma grande ideia de negócio iniciada primeiramente nas redes sociais.

Hoje o portfólio disponibilizado no novo e-commerce Crochet com a Paty é composto por mais de 20 produtos, sendo 13 modelos de bolsas, além de jogos americanos, cestos e cases para notebook, entre outros itens.

E muitos outros produtos serão lançados em breve, entre novas bolsas e acessórios para a casa. Com nomes de cidades europeias como Barcelona, Madrid, Berlim e Viena, cada modelo relaciona as belezas e cultura locais com as características das peças.

O grande diferencial dos artigos disponibilizados pela Crochet com a Paty é serem artesanais, sendo totalmente customizados. "Cada bolsa é produzida sob encomenda e pode ser personalizada, sendo possível escolher a cor, alça, botão, medidas e forro", exemplifica a empreendedora.

Hoje os processos criativo e produtivo são realizados por duas mulheres, além de Patrícia: a amiga Dulcineia também participa da produção do crochet e a costureira Margarete finaliza a peça adicionando o forro e realizando o acabamento. Já Victória, sobrinha de Patrícia, cuida da área comercial.

Os pedidos podem ser realizados pelo próprio site: www.crochetcomapaty.com.br, pelo Instagram @crochetcomapaty ou pelo WhatsApp (11) 99598-3670.

Sobre a Crochet com a Paty - E-commerce voltado para a venda de bolsas e outras peças de crochet, o diferencial do Crochet com a Paty é a possibilidade de personalização: cada item é produzido especialmente para o cliente, que pode customizá-la totalmente. Criado pela empreendedora Patrícia Parsequian, o Crochet com a Paty nasceu a partir da habilidade com o crochet e a vontade de oferecer algo único. Em breve serão lançados outros modelos de bolsas e peças para casa. Para mais informações acesse: www.crochetcomapaty.com.br

Sobre Patrícia Parsequian: Paulistana, Patrícia Parsequian tem 51 anos, é casada e tem dois filhos: Guilherme de 17 anos e Pedro de 12 anos. Formada em Administração de Empresas, em paralelo à Crochet com a Paty, a empreendedora também cuida da gestão de uma empresa familiar.


Patricia Parsequian, criadora do Crochet com a Paty

Além das bolsas, o catálogo conta com jogos americanos, cestos e cases para notebook, e outros itens
Leia Mais ►

 Earshutt - técnica eleva autoestima 

de pacientes com orelhas de abano



Muitas pessoas sofrem com orelhas com má formação, conhecidas popularmente como orelhas de abano. Alguns procedimentos cirúrgicos podem ser realizados, entretanto a complexidade da internação hospitalar, principalmente em tempos de pandemia pela proliferação do Covid-19 precisam ser evitadas.

Deste modo, um procedimento não-cirurgico e definitivo chamado Earshutt tem conquistado cada vez adeptos.

A simplicidade e segurança dentro de consultórios odontológicos, por profissionais dentistas autorizados e capacitados para a realizar procedimentos estéticos transforma o Earshutt em um recurso mais acessível para quem sofre com orelhas de abano.

O EarShutt é utilizado para a correção de orelhas, com uma técnica inovadora. "Conseguimos corrigir e deixar mais harmônica a região da orelha, a partir da utilização de fios e da harmonização facial", revela um dos profissionais mais requisitados para esse procedimento - Dr. Benevenuto.

Com atendimento na cidade de Campinas em um moderno espaço, localizado no bairro Cambuí, Dr. Benevenuto e sua equipe além de melhorar a estética, possibilita que a autoestima de seus pacientes também seja elevada. "Muitos dos pacientes que chegam ao consultório se incomodam desde crianças com as orelhas de abano, principalmente por terem sofrido bullying. Muitas mulheres não prendem o cabelo por vergonha da orelha e em pouco tempo conseguimos de uma maneira rápida e segura, resolver esse problema estético", explica o dentista e especialista em Harmonização Facial.


O Earshutt é feito com anestesia local e um tempo médio de 25 minutos por orelha.



Fonte: assessoria de imprensa 

Leia Mais ►

 Triatleta Samira Volpi é nova embaixadora da Kakau


A bicicleta de competição da atleta, que compete em alto nível, 
agora está protegida pelo seguro Kakau MOBI

Samira Volpi, Triatleta e embaixadora da Kakau Seguros


A bicicleta é o transporte do futuro e, como qualquer outro bem, precisa ser protegida. E se as bikes são fundamentais para quem as utiliza para o lazer ou principalmente trabalho, o que dizer dos atletas?

Foi essa preocupação que fez a triatleta Samira Volpi aceitar o convite da Kakau para ser a embaixadora da marca no mundo dos esportes. "Vi na Kakau uma plataforma moderna e descomplicada. Toda voltada para o digital, a contratação foi simples e a possibilidade de ligar e desligar o seguro quando não se usa é sensacional", explica a triatleta.

Para a Kakau, a parceria com Samira significa apresentar autoridade no universo do uso em alto nível das bicicletas. "É a oportunidade para alinhar o nosso produto Kakau MOBI a uma pessoa que está alinhada às nossas crenças e tem credibilidade no meio", explica Diogo Russo, sócio-fundador da Kakau.

A estreia de Samira Volpi como embaixadora da Kakau já aconteceu e a primeira oportunidade que a triatleta terá para utilizar profissionalmente o Kakau MOBI será em uma competição a ser realizada no dia 2 de maio.

Aumento na criminalidade - Mesmo com a pandemia, aumentou o número de bicicletas furtadas ou roubadas. De janeiro a novembro de 2020 foram 12.397 roubos e furtos apenas no estado de São Paulo. Cerca de 20% deles aconteceram somente na capital, segundo dados da Secretaria de Segurança Pública do Governo Estadual.

A fragilidade dos ciclistas e os altos preços de muitas bicicletas é o que na verdade atrai os criminosos. "Sempre acreditei ser importante contar com o seguro, tenho três bicicletas especiais e perdê-las me custaria muito mais do que apenas o que foi investido na compra e customização", reflete Samira.

Sobre a Kakau Seguros

A Kakau é uma plataforma digital de seguros liga e desliga. Primeira InsurTech brasileira 100% digital, a plataforma oferece acesso fácil e rápido para que o usuário ou assinante consiga contratar seguros, reportar um sinistro ou solicitar uma assistência 24 horas. Com o sistema de assinatura, o assinante Kakau pode pausar a sua apólice a qualquer momento. A plataforma de seguros inova também ao fazer o uso de tecnologias, como "Machine Learning", "NLP" e Ciência de dados.

A Kakau Seguros oferece o Kakau Mobi proteção por assinatura de bicicletas, com a proposta de expansão para coberturas que envolvem o tema Micromobilidade; Kakau Protege, seguro para smartphones e tablets, proteção que propõem coberturas no presente e futuro para novos gadgets, integrando assim a tese de conceito de similaridade digital em seguros. Os produtos da Kakau trazem diferenciais como: proteção dos dados e inclui aparelhos novos e usados, para todos os sistemas operacionais como Android e iOS; e no Kakau Mobi, cobertura do bem para viagem internacional e assistências diversas que beneficiam o usuário em caso de acidentes. Saiba mais no site: www.kakau.co




A bicicleta de Samira agora está protegida pelo seguro Kakau MOBI
Leia Mais ►

 27 de março é Dia do Circo

Arena Circus realiza show on-line e gratuito para comemorar o Dia do Circo

Com a proposta de alegrar o público e prestigiar a cadeia circense, o espetáculo Magnific traz acrobatas, equilibristas, trapezistas, palhaço, apresentador, corpo de baile e muito mais

 


Neste sábado, 27 de março, é Dia do Circo. E, neste ano, com as lonas no chão, picadeiro vazio, artistas circenses sem espetáculos, palhaços sem brincadeiras e muitos sorrisos interrompidos por conta das ações de segurança e contenção de contágio do Covid-19 (Coronavírus), o Arena Circus – Complexo de Artes Circenses vai reunir artistas de diversas cias para levar alegria para todos por meio de um espetáculo on-line, totalmente gratuito, às 16h. O show, com acrobatas, equilibristas, trapezistas e muito mais, poderá ser visto nos perfis do Arena Circus no Instagram (@arena.circus) e no Facebook (@arenacircusoficial).

Com a proposta de elevar a alma e promover o sorriso de muitas famílias, o Arena Circus quer também chamar a atenção de todos para a categoria circense, que é secular e considerada como mãe de todas as outras artes, cuja abriga o teatro, a dança, o cinema. “Neste ano, infelizmente, não poderemos promover pessoalmente risos e brilho no olhar das crianças e adultos em nossas plateias, mas entendemos que é por um bem maior”.

Para o ano de 2021 dispomos da LEI ALDIR BLANC, que são editais para ações emergenciais destinadas ao setor cultural a serem adotadas durante o estado de calamidade pública reconhecido pelo Decreto Legislativo nº 6, de 20 de março de 2020.

A Secretaria do Estado de São Paulo juntamente com a Secretaria de Cultura e Economia Criativa, Ministério Especial da Cultura promoveram o “Edital  PROAC LAB N° 45 EIXO Fruição  de apoio aos Circos” através da Lei Aldir Blanc, que  torna possível a proposta do Grupo Arena Circus para a realização de espetáculos circenses presenciais gratuitos para a comunidade local. Para este momento as apresentações foram transferidas para o formato on-line nas redes sociais.  

Viviane Rabelo, diretora do grupo Arena Circus, ressalta a importância destes apoios e incentivos, pois, o circo sobrevive unicamente de espetáculos com bilheterias populares e com achegada da pandemia os circos estão sem possibilidade de trabalho. O apoio da Lei Aldir Blanc vem para incentivar a fruição dos espetáculos circenses, sendo assim, fomento para a perpetuação das artes circenses.

O circo encanta a todos, leva alegria e cultura à lugares nos quais as demais artes não conseguem chegar, sem barreiras, sem censura e abrange crianças, jovens e adultos de diferentes idades e classes sociais. A arte circense não impõe estereótipos, ela alegra, ensina, movimenta e transforma por onde passa. Viviane Rabelo relata que o circo precisa de mais apoios como este da LEI ALDIR BLANC, dos Governos e da iniciativa privada para que os artistas possam sobreviver durante este período de isolamento social mundial. “Queremos ser ouvidos e assistidos, os sorrisos e os aplausos acendem de amor e alegria a alma do artista, precisamos nos apresentar para sobrevivermos”, finaliza cheia de emoção e lágrimas nos olhos por àqueles circenses que não conseguem expressar suas necessidades e precariedades.

 

MAGNÍFIC - ESPETÁCULO CIRCENSE GRATUITO E ON-LINE

O Arena Circus - Complexo de Artes Circenses, em conjunto com sua diretoria Viviane Rabelo e Alfredo Munhõz (casal brasileira e argentino), vai realizar o espetáculo Magnífic em comemoração ao Dia do Circo, 27 de março, às 16h, on-line e gratuito, para homenagear todos os profissionais da cadeia circense que se encontram desde o ano passado em situação precária por conta dos efeitos da pandemia na economia, cultura e entretenimento.

O evento tem como proposta elevar a alma e transmitir alegria para as pessoas de diferentes idades que precisam de entretenimento e momentos de lazer, mesmo que dentro de suas casas.

O show, com a participação de artistas circenses, será adaptado e encurtado para garantir um espetáculo alegre e acessível, seguindo todos os protocolos de segurança, redução de número de pessoas na equipe e distanciamento adequado. Poderá ser visto e assistido ao vivo por live no Instagram oficial do Arena Circus: @arena.circus

(https://www.instagram.com/arena.circus )

 

Serviço:

Espetáculo Magnífic do Arenas Circus - show on-line e gratuito

Dia 27/03/21 – sábado - Dia do Circo

Horário: 16h (quatro horas da tarde)

Para ver: acesso no perfil do Arena Circus no Instagram @arena.circus (https://www.instagram.com/arena.circus)

Elenco: acrobatas, equilibristas, trapezistas, palhaço, apresentador, corpo de baile e muito mais

Obs.: é uma apresentação on-line, com toda segurança de higiene e cuidados adotados entre os profissionais circenses para evitar a exposição ao Covid-19 (Coronavírus), com a proposta de levar alegria a todos. Chamem os amigos e familiares para prestigiar os artistas circenses pela internet.

Onde fica: Arena Circus - Rua Antônio Cavazzan, 1185 - Casa Verde – SP

www.arenacircus.com.br /  Instagram (@arena.circus) e  Facebook (@arenacircusoficial)

Leia Mais ►

 Ciência da Felicidade: 

A importância de cuidar da saúde mental e buscar ser feliz*

Por Ju Ferreira

Em paralelo ao coronavírus e seus desdobramentos, vemos surgir uma pandemia de medo e estresse. Transtornos psicológicos como ansiedade e depressão já começam a representar uma nova onda de danos à saúde. Afinal, manter-se sereno dentro do turbilhão de informações e emoções que envolvem esta pandemia está sendo um desafio intenso para todo o mundo.

Pesquisa recente do Instituto Bem do Estar em parceria com a Noz Pesquisa e Inteligência, mostra que sete em cada dez brasileiros estão com medo acima do normal devido à pandemia. Até certo ponto, é esperado sentir-se mal, ansioso, com raiva, insatisfeito ou triste diante de tantos desafios que aparecem na nossa frente. Mas o sinal de alerta toca, pois este se torna o cenário ideal para o aparecimento de problemas mais sérios, como a síndrome de burnout - também conhecida como síndrome do esgotamento profissional - que no Brasil já atinge cerca de 30% dos mais de 100 milhões de trabalhadores, segundo a Associação Nacional de Medicina do Trabalho (Anamt).

Diferentemente da saúde física, os sintomas das desordens emocionais e psicológicas não são tão visíveis e isso dificulta a identificação desse problema. Para se ter uma ideia da dimensão do que estamos falando, de acordo com o Fórum Econômico Mundial, o mundo gastará 6 trilhões de dólares com doenças emocionais até 2030.

Essa vulnerabilidade escancarada acelerou uma tendência nas organizações: cuidar do psicológico dos funcionários. Por isso, é necessário que as empresas apostem em estratégias que cuidem da saúde mental dos colaboradores.

Ser feliz no trabalho deve ser tratado como prioridade. Uma pesquisa da Universidade da Califórnia mediu a relação entre felicidade e produtividade e descobriu que uma pessoa feliz é, em média, 31% mais produtiva e três vezes mais criativa no trabalho. Também são mais inovadoras e criativas - o que aumenta a sua capacidade de resolver problemas e assim de atingir seus objetivos.

Que todo mundo quer ser feliz não é novidade. A busca da felicidade é algo tão importante que, nos Estados Unidos, ela é um direito inalienável, garantido pela constituição. Mas no que consiste essa busca?

Estudos recentes têm provado que a felicidade não é algo que simplesmente acontece na vida de uma pessoa. Mais do que um sentimento ou uma sensação, felicidade é uma ciência. Uma das descobertas mais importantes da psicologia positiva - feita pela cientista Sonja Lyubomirsky, da University of California - revelou que ser feliz é a causa do sucesso. Isso significa que, quando as pessoas estão felizes, elas alcançam seus objetivos com mais facilidade. Outra comprovação da ciência é o fato de que a felicidade libera hormônios, como a ocitocina, que aumentam a capacidade cognitiva.

No livro "A ciência da felicidade", a autora e pesquisadora mostra que 50% da felicidade é predeterminada geneticamente. A outra metade depende do nosso dia a dia, sendo 10% fruto das circunstâncias da nossa vida - relacionamentos, emprego, finanças, clima e a política do país, por exemplo. E agora, o mais interessante: os 40% restantes dependem, única e exclusivamente, do estado da sua mente. Ou seja, basicamente, a sua felicidade está em suas mãos.

Por isso, diferente do que muitos pensam, ser feliz não é um destino distante, mas sim um hábito que se pode cultivar ao longo do caminho. A ciência atesta que, para se obter a felicidade plena - duradoura e conquistada a longo prazo - é preciso se expor a emoções positivas: alegria, gratidão, serenidade, interesse, esperança, orgulho, diversão, inspiração, fascínio e amor.

Se eu pudesse dar alguma dica para ter mais felicidade no nosso dia a dia focaria em três pilares: relacionamentos, novas experiências e gratidão.

Os relacionamentos são a base da nossa vida. Pessoas que têm mais vínculos com as suas famílias, amigos e comunidade alcançam um índice de felicidade bem maior que os solitários. Já viver novas experiências é, comprovadamente, uma das iniciativas que mais traz bem-estar e satisfação. Além disso, a gratidão nos incentiva a perceber e saborear experiências positivas, ajuda a valorizar as circunstâncias da vida, favorece a autoestima e ajuda até a fortalecer os laços sociais.

Há uma frase do monge David Steindl-Rast que diz: "Não é a felicidade que nos faz gratos, é a gratidão que nos faz feliz". E você, já buscou sua felicidade hoje?


*por Ju Ferreira, palestrante e mentora, criadora da metodologia Alquimia Pessoal, executiva de uma empresa de TI há 17 anos. Mais informações em www.juferreira.com.br e www.alquimiapessoal.com.br


Fonte: assessoria de imprensa 

Leia Mais ►