Projeto abre oportunidade para cidadãos apresentarem propostas para problemas das periferias de São Paulo

Lançamento de primeiro Gabinete da Periferia terá consulta popular sobre
problemas da região e visa a formação de bancadas coletivas




A distância das periferias não é apenas geográfica, afastadas dos grandes centros e os serviços básicos na maioria das vezes são negligenciados nesses locais e junto com eles a chance e oportunidade de uma representação real no meio político, seja para cobrar direitos ou para levar pessoas comuns ao poder.

Com base nessas necessidades surge o projeto Gabinetes das Periferias, formando gabinetes compostos por moradores locais, estudantes de direito e advogados, que trabalham como voluntários e ajudam instruindo os cidadãos a protocolarem ações coletivas a fim de pressionar o poder público para o cumprimento de demandas de suas responsabilidades, como saúde, educação, pavimentação

Além da pressão para solução de problemas públicos o projeto também estimula e apoia a candidatura de moradores das periferias e que façam parte dos gabinetes. A ideia é ocupar a política com cidadãos comuns, que não sejam políticos de carreira e que de fato conheçam as necessidades do povo, para assim formar bancadas coletivas com vozes e ideias diversas.

“Há uma necessidade de organizar as pessoas dentro da periferia, para que possam cobrar demandas de forma coletiva e ajudar a construir melhor os bairros deles e apresentar democracia direta e que possa ser usada em diversos ambientes como escolas, hospitais e outros equipamentos públicos”, explica Régis Marques, pré-candidato a deputado estadual e um dos idealizadores do projeto.

Régis Marques, pré-candidato a deputado estadual

Fugindo das amarras históricas da política o projeto também articula reunião com candidatos de outros partidos, para ouvir propostas e trocar experiências relevantes para os Gabinetes das Periferias que tem como único objetivo levar democracia real ao povo.

Lançamento da primeira unidade dos Gabinetes das Periferias
O lançamento da primeira unidade acontece no dia 25 de agosto em Cubatão - Santos, mesma região em que Marques é diretor de uma escola estadual. No dia haverá urnas em que os participantes poderão depositar propostas abertas e votar em propostas pré-formuladas. Os resultados são contabilizados na hora e divulgados no local. O evento é aberto ao público geral e visa atender toda a comunidade local.

A principal ideia de ter gabinetes nas periferias é a oportunidade de viabilizar consultas populares para coletar propostas dos cidadãos a nível estadual e regional. O projeto é inspirado no movimento da Frente Ampla do Chile, que tem mudado os rumos da política no país com consultas populares, oferecendo a real oportunidade de escolha à população.  

Serviço:
Horário: Das 14h às 18h
Endereço: Rua Amaro Manoel dos Santos, n° 322 (Antiga Rua 7) Jardim Nova República (Bolsão 8)
CEP: 11534-310
Aberto ao público - Classificação  livre
*Para votar ou sugerir propostas é preciso estar com um documento com foto
Contato evento: +5513991608736 - Régis Marques (Whatsapp).

Fonte: assessoria de imprensa

Receba nosso News Letter

Anuncie aqui

Saiba mais: 11-4113-6820