Infantil - Teen

Bidu – Juntos

13º álbum da série Graphic MSP mostra os primeiros dias do Franjinha com o seu cãozinho azul


Em novembro, chega às bancas e livrarias de todo o País, Bidu – Juntos, 13º título do selo Graphic MSP, em que quadrinhistas convidados reinterpretam os clássicos personagens de Mauricio de Sousa, em seus próprios estilos. Os responsáveis pela releitura são os mineiros Eduardo Damasceno e Luís Felipe Garrocho, que repetem a parceria de sucesso de Bidu – Caminhos, lançada em 2014.

Na trama, os autores mostram o difícil processo de adaptação do Franjinha e do Bidu à nova realidade. Afinal, um, nunca cuidou de nenhum animal; e o outro, jamais teve um dono. Serão dias difíceis e de muito aprendizado. Para todos. Uma trama emocionante, com desenhos e cores lindas. 

O texto de quarta capa da edição é assinado pelo zootecnista e apresentador Alexandre Rossi, “pai” da Estopinha e do Barthô. Além disso, o álbum traz esboços, a biografia de Damasceno e Garrocho e uma matéria com informações de histórias antigas do Bidu e de outros personagens que aparecem na obra.

Bidu – Juntos (formato 19 x 27,5 cm, 80 páginas) é uma publicação da Panini Comics e será vendida em bancas e livrarias de todo o Brasil, em duas versões: capa dura (R$ 34,00) e capa cartonada (R$ 23,00).

Graphic MSP

Graphic MSP é uma linha de publicações que derivou do projeto MSP 50 – Mauricio de Sousa Por 50 Artistas, que começou em 2009, para comemorar o cinquentenário de carreira do criador da Turma da Mônica. O sucesso de público e crítica foi tamanho, que vieram mais dois livros: MSP + 50 – Mauricio de Sousa por Mais 50 Artistas (2010) e MSP Novos 50 – Mauricio de Sousa Por 50 Novos Artistas (2011).

Como ficou claro que os personagens de Mauricio de Sousa permitiam voos ainda mais ousados, surgiu o projeto Graphic MSP. Em novembro de 2011, foram anunciados os autores dos quatro primeiros álbuns: Danilo Beyruth, com o Astronauta; os irmãos Vitor e Lu Cafaggi, com a Turma da Mônica clássica; Gustavo Duarte, com o Chico Bento; e Shiko, com o Piteco.

A primeira Graphic MSP foi Astronauta – Magnetar, de Danilo Beyruth, lançada em outubro de 2012. Na história, o personagem criado por Mauricio de Sousa ganha uma releitura ousada, em que fica “náufrago” no espaço e luta não apenas pela sua sanidade mental, mas principalmente pela vida.

A segunda, que saiu em junho de 2013, foi Turma da Mônica – Laços, de Vitor e Lu Cafaggi. Na trama, o Floquinho, o cachorro do Cebolinha, desaparece, deixando o garoto deprimido. É quando Cascão, Mônica e Magali decidem encontrar o cão. Juntos, eles vivem uma aventura em que superarão diversos perigos graças à amizade que os une.

Depois, vieram Chico Bento – Pavor Espaciar, do Gustavo Duarte, um álbum de humor, com direito ao menino caipira ser abduzido por alienígenas; Piteco – Ingá, do Shiko, uma aventura com direito a raptos, perseguições, mulheres em perigo, lutas, resgate e amor. Bidu – Caminhos, uma releitura do primeiro encontro do Franjinha com seu cão azul; Astronauta – Singularidade, continuação de Magnetar, em que o herói espacial vai investigar um buraco negro e se envolve num grande ardil espacial; Penadinho – Vida, na qual a Alminha vai reencarnar e o fantasminha precisa criar coragem para, finalmente, dizer que ela é o amor da sua... morte; Turma da Mônica – Lições, a aguardada sequência de Laços, na qual Mônica, Cebolinha, Magali e Cascão precisam lidar com as duras consequências de um erro que cometeram; Turma da Mata – Muralha, uma trama repleta de intriga política e aventura em que a Turma da Mata e o reino de Leonino estão de lados opostos e um confronto é inevitável; Louco – Fuga, trama estrelada por Licurgo Orival Umbelino Cafiaspirino de Oliveira, o Louco, que corre dos guardiões do silêncio, enquanto viaja pelas histórias para libertar um pássaro; Papa-Capim – Noite Branca, primeira trama de terror do selo, em que uma ameaça sobrenatural pode significar o fim de todos os membros da aldeia do então jovem índio; e Mônica – Força, uma história tão dolorida quanto emocionante, em que a protagonista terá de enfrentar seu maior desafio e não poderá ser na base da coelhada.

Todas foram sucesso de público e crítica e, em 2013, Astronauta – Magnetar foi publicado, pela Panini, em cinco países da Europa: Itália, França, Portugal, Espanha e Alemanha.

FICHA TÉCNICA

Bidu – Juntos
Graphic novel do selo Graphic MSP
Formato: 19 x 27,5 cm
80+4 páginas
Lombada quadrada
Papel: couché
Capa dura ISBN 978-85-426-0493-1: R$ 34,00
Capa brochura ISBN 978-85-426-0494-8: R$ 23,00
Lançamento: a partir de 10/11/2016 
Distribuição: nacional


Informações para a imprensa:

Mauricio de Sousa

José Alberto Lovetro - JAL Comunicação

Receba nosso News Letter

Anuncie aqui

Saiba mais: 11-4113-6820