Educação e Tecnologia

{reprograma} abre inscrições para curso gratuito de programação para mulheres

25 vagas serão disponibilizadas para imersão de 6 semanas que capacita as alunas em programação front-end e estimula a entrada feminina no mercado de desenvolvimento de software



A partir de 25 de agosto estarão abertas as inscrições para a 2ª turma do curso da {reprograma}, iniciativa que ensina linguagens de programação e desenvolve habilidades de liderança e empreendedorismo para jovens mulheres. 

O curso, com duração de seis semanas e carga horária de 240 horas, tem como único custo uma taxa de matrícula de R$60,00. As aulas vão de três de outubro a 11 de novembro e acontecem em São Paulo, capital.

A grade curricular é estruturada em três principais pilares: programação (HTML, CCS e Javascript), empreendedorismo e mentoria com profissionais renomados do mercado de tecnologia, como a Flávia Verginelli, diretora de Produto e Inovação, e Alberto Menoni, diretor de Parcerias Estratégicas para a América Latina, ambos do Google.

Os professores são voluntários com múltiplas formações e experiências, como a empreendedora Carla de Bona, especialista em design de interfaces (UX/UI design); Paulo Silveira, diretor na Caelum e gerente de produtos na Alura Cursos Online; e Mateus Chagas, desenvolvedor no GuiaBolso.

De acordo com o estudo The Network Skills in Latin America, encomendado pela Cisco à IDC, até 2019 haverá mais de 449 mil ofertas profissionais na área de TIC (Tecnologia da Informação e Telecomunicações) para a América Latina. E o Brasil é o país com maior lacuna de mão de obra especializada no setor: somente em 2015 teve deficit de 195 mil profissionais. 

Além do gap de mão de obra especializada em tecnologia no Brasil, existe ainda um número muito pequeno de mulheres que atuam no setor. “Neste contexto, a {reprograma} visa sensibilizar, empoderar e educar mulheres brasileiras em programação. Mostrando que esse é um mercado possível e muito próspero também para elas, que podem - e devem - contribuir no desenvolvimento de novas tecnologias”, explica Mariel Reyes Milk, fundadora e diretora da {reprograma}.

Após preencher um formulário de inscrição online, as candidatas passarão por processo seletivo que consiste em entrevista presencial e exame simples. Para inscrever-se, é preciso ser do sexo feminino, ter mais de 16 anos, ter finalizado o ensino médio, não estar trabalhando ou  estudando, pois o curso exige dedicação em período integral de segunda à sexta-feira. As inscrições são gratuitas por meio de preenchimento do formulário no link: www.reprograma.com.br/inscricao. O prazo termina em 6 de setembro. 

Sobre a {reprograma}: 
Por que há tão poucas mulheres atuando no mercado tecnológico? A partir deste questionamento da empreendedora Mariel Reyes Milk nasce a {reprograma}. Mas é com a vontade de agir na construção de um mundo diferente que essa história está sendo construída. E Mariel não está sozinha, conta com o apoio das sócias-fundadoras Carla de Bona e Fernanda Faria, além da colaboração voluntária de professores, mentores e parceiros, para cumprir a missão da {reprograma}: inspirar, empoderar e educar mulheres, por meio de conhecimentos de computação e ferramentas de capacitação profissional. 

Mais informações: 
http://reprograma.com.br/
https://www.facebook.com/ReprogramaBrasil
https://www.instagram.com/reprograma_brasil/

Receba nosso News Letter

Anuncie aqui

Saiba mais: 11-4113-6820