Ainda da tempo, venha conferir a peça "Coronel Mostarda com a Chave Inglesa na Cozinha" no Teatro dos Arcos

Apresentação teatral inspirado em famoso jogo de tabuleiro acontece nesta sexta-feira (16)

Realizado pela Companhia Pérolas Verdadeiras, e com direção de Michelle Gallindo, a peça “Coronel Mostarda com a Chave Inglesa na Cozinha” acontece nesta sexta-feira (16), às 21h30, no Teatro dos Arcos, em São Paulo. O espetáculo teatral de improviso, que tem como base jogos de tabuleiro, está em suas últimas semanas em cartaz e recebe nesta semana a atriz Manuela Origuella.
Antes de a plateia entrar na sala, cartas são sorteadas para definir o assassino, a vítima, o cômodo e a arma. As cartas são colocadas em um envelope lacrado diante de todos e compartilhadas apenas com o elenco que, ao começar o jogo, a partir das sugestões do público, encenam e justificam as cenas, conduzindo a história até o desfecho final, criando o enredo coerente, utilizando as cartas tiradas no início.
A história será desvendada pela investigadora de polícia Miranda. Assim, os atores são como peças, o palco é o tabuleiro, a plateia é o detetive investigador e a diversão é garantida.  Venha ver Coronel Mostarda (Eddy Stefani),  Dr. Magenta (Luis Galves), Sr. Marinho (Mauricio Ferraz), Rosa (Cláudia Braga), Violeta (Manuela Origuella), Srta. Branca (Lorena Vasconcelos), Professor Black (Heder Becker) e o Mordomo Bordô (Lucas de Roma) neste espetáculo de improviso teatral com muito suspense, mistério e blues
SERVIÇO
Coronel Mostarda com a chave inglesa na cozinha no Teatro dos Arcos
 Direção e criação: Michelle Gallindo
Realização: Cia Pérolas Verdadeiras
Iluminação: Felipe Kuchler
Som: Elisa Weingrill
Assistente de Produção: Marina Cincotto
Temporada: Até 30 de agosto (todas as sextas).
Horário: 21h30.
Local: Teatro dos Arcos.
Endereço: Rua Jandaia, 218 - Bela Vista, São Paulo – SP.
Valores: Vendas antecipadas pelo Sympla.
Classificação: Indicado para humanos acima de 12 anos.
Estacionamento: Se o detetive estiver de carro, temos estacionamento conveniado- Av. Brigadeiro Luis Antônio, 613.
Capacidade: 100 lugares.
Duração: 1h30.
Acessibilidade: Sim.
Ar Condicionado: Sim.
Formas de Pagamento: Cartão (crédito ou débito)  ou dinheiro.

Fonte: assessoria de imprensa
Leia Mais ►

Teatro J. Safra oferece oficinas teatrais gratuitas 
por meio de seu projeto social

Com o objetivo de estimular a democratização do acesso à cultura e fomentar a reflexão sobre a produção artística nacional, o Teatro J. Safra oferece oficinas gratuitas de teatro ao público. Os encontros, que fazem parte do projeto “Ocupação Teatral”, começam a partir no dia 14 de agosto, e vão até 03 de outubro.

A oficina de interpretação “Experiência prática do ofício do ator, com ênfase para cinema” será ministrado pela atriz e produtora audiovisual e teatral Mariela Lamberti. O objetivo do curso é oferecer ao aluno a experiência prática do ator, com ênfase ao estilo realista, mais próximo ao cinema e da linguagem audiovisual. O método se baseia em investigar princípios teóricos e ampliar o roteiro artístico do aluno, fornecendo técnicas e instrumentos para que o ator se inspire e encontre os métodos considerados mais eficazes ao seu estilo. O curso conta com jogos cênicos, práticas corporais e criação de pequenas cenas trazidas pelos alunos para serem trabalhadas no decorrer do curso, estimulando autonomia e criatividade dos atores.

Formado em Artes Cênicas pela UFRJ, Diogo Villa Maior ministrará a oficina de dramaturgia “Escrita de textos para teatro e a linguagem das sérias de streaming. Após um olhar analítico sobre as características de tempo e espaço na elaboração da narrativas das séries “Dark” e “Chernobyl”, os participantes irão se debruçar sobre o texto “Assim é (se lhe parece)”. A oficina pretende estimular a escrita de textos de teatro com base na linguagem das atuais séries de streaming. No final, cada participante terá uma cena de sua autoria e uma criação a partir da obra de Luigi Pirandello.

Por fim, a oficina de teatro e educação “Desenvolvimento de modos de leitura de mundo pela prática teatral”, sob o comando de Paloma Franca, discutirá temas associados ao teatro como dimensão fundante de aprendizagem de mundo, em um meio através do qual os participantes e autores se aproximam de ferramentas simbólicas, de modo a ampliar referências de imaginário e leitura de mundo. As aulas serão voltadas à professores da rede púbica e particular de ensino de artes, estudantes e pessoas em práticas pedagógicas extracurriculares.

As oficinas começam no dia 14 de agosto e vão até 03 de outubro, sempre às quartas e quintas-feiras a partir das 18h30. A inscrição pode ser feita pelo contatoteatrojsafra@manhasemanias.com.br ou na bilheteria do Teatro J. Safra.

Sobre Mariela Lamberti
Atua em teatro, cinema, televisão e participa de projetos fotográficos artístico e publicitários. Também exerce a função de produtora audiovisual e teatro, além de ministrar aulas de Produção da Academia Internacional de Cinema (AIC-SP). Possui mestrado em Artes Cênicas pela Escola de Comunicação e Artes da Universidade de São Paulo (ECA-USP), com pesquisa sobre teatro feminista e cena contemporânea.

Sobre Diogo Villa Maior
Formado em Artes Cênicas – Direção Teatral pela UFRJ, Diogo dirigiu, em 2019, o espetáculo “Max”, que realizou temporada em junho na Oficina Cultura Oswald de Andrade. Em 2019, atuou como assistente de direção de Elias Andreato no espetáculo “O Louco e a Camisa”, que cumpriu temporada no Teatro Porto Seguro (SP) e seguiu turnê por algumas capitais do país. De 2014 a 2016, circulou com o espetáculo infantil de teatro e animação “A Jornada de Kim”, contemplado pelo programa de fomento “Viva a Arte!” (SMC/RJ). Dentre os seus trabalhos mais recentes, assinou a direção artística e de produção do espetáculo “Adeus, Robinson” (2017), no Teatro 2 do Sesc Tijuca (RJ). Dirigiu os espetáculos “Cronópio – As Aventuras de um Herói Desajustado” (2015), um infanto-juvenil contemplado pelo Programa de Fomento à Cultura Carioca, e “Que vem pra beira do mar” (2015). Em 2016, foi compositor coreográfico do primeiro espetáculo da companhia “Circo em Nós”, formada pelo Polo Carioca de Circo – Circo Crescer e Viver.

Sobre Paloma Franca
Paloma é graduada em Artes Cênicas pela USP. Nasceu em 1987, na cidade de Belém do Pará, na região amazônica. Autora do livro de contos e crônicas “Eu preferia ter perdido um olho”, publicado pela editora Alameda no ano de 2017. Também foi cronista ao longo de 10 anos do jornal paraense O Liberal. Atualmente, é colaborada do caderno de cultura “Ilustrada” do jornal Folha de S. Paulo e do site Opera Mundo. Paloma integra também o grupo “Sambadas”, de mulheres sambistas e ativistas da cultura popular.

SERVIÇO
Oficina de Interpretação com Mariela Lamberti
Data: 14/08 a 02/10 (às quartas-feiras)
Horário: 18h30
Oficina de Dramaturgia com Diogo Villa Maior
Data: 14/08 a 02/10 (às quartas-feiras)
Horário: 18h30
Oficina de Teatro e Educação Paloma Franca Amorim
Data: 15/08 a 3/10 (às quintas-feiras)
Horário: 18h30

ENTRADA GRATUITA

Teatro J. Safra
Endereço: Rua Josef Kryss, 318 - Barra Funda - São Paulo - SP
Telefone: (11) 3611-3042
Abertura da Casa: 2 horas antes de cada horário de espetáculo, com serviço de lounge-bar no saguão do Teatro.
Capacidade da casa: 627 lugares
Acessibilidade para deficiente físico

Estacionamento
Valet Service (Estacionamento próprio do Teatro) - R$ 25,00
Horário de Funcionamento da bilheteria
Quartas – 14h às 21h
Quintas, Sextas, Sábados e Domingos – 14h até o horário dos espetáculos
Vendas online: www.teatrojsafra.com.br

Aceita os cartões de débito e crédito: Amex, Dinners, Elo, Mastercard, Visa e Hipercard.
Não aceita cheques.


SOBRE TEATRO J. SAFRA
Inaugurado em julho de 2014, o Teatro J. Safra, referência como casa de espetáculo no país, traz em sua programação uma grande variedade de estilos artísticos, como shows, peças, dança, circo, ópera, teatro infantil, humor, música erudita e recitais. Com curadoria do ator Mauricio Machado e do diretor Eduardo Figueiredo, o teatro prioriza o ineditismo dos espetáculos em São Paulo e traz para a cidade apresentações exclusivas com alta qualidade artística. Para acompanhar a programação, acesse http://www.teatrojsafra.com.br/.
Leia Mais ►

Especialista defende neurociência 
para enfrentar sobrepeso e obesidade



Mais da metade da população brasileira está acima do peso. É o que mostra a Pesquisa de Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico (Vigitel) divulgada pelo Ministério da Saúde no final de Julho. Para a estrategista de emagrecimento, Liliane Stefoni, a solução para o enfrentamento desse problema de saúde está na reeducação do cérebro, pois o entendimento de como as escolhas influenciam no lado emocional e comportamental facilita a mudança de mentalidade e, consequentemente, adoção de novos comportamentos saudáveis diários.

A correria do dia-a-dia, aspectos biológicos, culturais e econômicos estão diretamente relacionados às causas do sobrepeso e obesidade. Em Barretos, há quase dois anos, a estrategista de emagrecimento Liliane Stefoni atende pacientes que buscam sair deste cenário e, com uma equipe multidisciplinar que envolve nutricionistas, educadores físicos e até psicólogos, desenvolve o método baseado em neurociência- REMM - Repetição, Educação, Monitoramento Contínuo e Motivação. “o peso ideal duradouro é consequência da consciência dos benefícios de ter hábitos saudáveis”, disse Liliane que realiza, durante os tratamentos, avaliação corporal com a bioimpedância que afere índice de gordura e massa magra do corpo do paciente e também alguns procedimentos estéticos para acelerar o processo de emagrecimento.

Paciente de Stefoni desde 2018, a jornalista Ester Couto conta que durante toda sua vida enfrentou dificuldades para emagrecer, tendo já realizado todos os tipos de dieta, das menos restritivas às mais radicais, e ressalta a importância da equipe multidisciplinar para o emagrecimento contínuo, “o monitoramento da alimentação e da prática de atividades físicas, te estimula ter hábitos saudáveis rotineiros, incentiva  a se superar, e os resultados aparecem”, disse ao celebrar a perda de 44 quilos, sendo 19 quilos com o tratamento realizado com Liliane Stefoni.

De acordo com a pesquisa, 55,7% dos entrevistados têm excesso de peso, aumento de 30,8% desde 2006.  O Índice de Massa Corporal (IMC) é um sistema de medição adotado pela Organização Mundial de Saúde para determinar o peso saudável da população. O cálculo leva em consideração o peso da pessoa, em quilos (kg), dividido pela sua altura ao quadrado.

Leia Mais ►

Recebemos na redação: 

Há mais ou menos duas semanas recebemos o novo trabalho do músico André Galiano, do qual agradou e muito a nossa equipe. A mistura de gêneros entre rock e a country music faz com que as músicas se tornem trilhas sonoras para momentos especiais e, inclusive, para ser um dos sons a se ouvir no carro com frequência. Agradecemos pelo material encaminhado e recomendamos para nossos leitores. Abs, Carina Gonçalves - Jornalista responsável pelo Aqui É Só Notícias.

Abaixo segue o release completo, encaminhado pela assessoria de imprensa. 



André Galiano confirma sua paixão pelo 
Heartland Rock em novo álbum



Os papéis de cantor, produtor, instrumentista e publicitário se misturam, criativo e inquieto, André Galiano, que nos últimos anos tem se dividido entre projetos, família e shows, apresenta seu mais recente álbum, 25 Miles, um CD que trafega pela história do artista, que neste ano comemora vinte e cinco anos de carreira.

Após os bem-sucedidos “Outras estradas” e “Otras Rutas”, álbuns lançados simultaneamente em 2016, e que renderam boas posições nas principais rádios do interior de São Paulo, André Galiano mergulhou em sua própria seara e lapidou um repertório que passa por canções inéditas e algumas releituras, entre elas, músicas que foram sucesso durante sua passagem por bandas como Vodka Frog, grupo que caiu nas graças do público em 2002, Angel Hammer, Mr. McCoy, Sixxty9 e Bastidores.

Revisitar letras, harmonias e melodias foi uma tarefa árdua, mas também muito divertida – Conta, André Galiano –  Pude viajar no tempo e conversar com uma versão anterior de mim mesmo – um jovem rapaz e seus desejos, devaneios, batalhas e confusões. Houve anos de produção prolífica, que acabou dificultando a tarefa de definir a melhor música para representá-los. Por outro lado, houve anos em que apenas uma ou outra canção sobreviveu ao tempo e acabou sendo a única escolha possível. Depois de uma aplicada curadoria, pesquisando, ouvindo e, principalmente, (re)descobrindo, consegui elencar as 25 músicas do álbum, com 18 inéditas e 7 versões.

O som das faixas preserva a mistura entre o rock e a country music e é o próprio Galiano que assina a produção do disco assim como todas as canções. Múltiplo, André mostra intimidade com vários instrumentos criando uma obra livre, mas sem se desprender do roteiro.

Produzi o álbum sozinho (o que é um tremendo desafio) e eu mesmo fui engenheiro de gravação, pilotando a mesa com uma mão e o os instrumentos com outra – Explica, Galiano – Toquei guitarra, baixo, violão, piano, órgão, banjo, bandolim, gaita, percussão, programei bateria, escrevi arranjos de cordas e metais e tirei um baita sarro de mim mesmo brincando com sintetizadores. Gravei voz em casa e, em diversas ocasiões, dentro de armários em quartos de hotel espalhados pela América Latina – enquanto me esforçava para balancear trabalho e música (como se música não fosse trabalho suficiente). Medellín, Bogotá, Cidade do México, Panamá City, Lima, Santiago, Buenos Aires e outras cidades de nosso maravilhoso continente foram minhas paisagens e meus ouvidos para a maioria das faixas vocais registradas.

Mixado em Los Angeles, EUA, por Eric Greedy, que tem no currículo gigantes como Ringo Starr, Barbara Streisand, Smashin Pumpkins, Alice in Chains e Mötley Crüe, 25 Miles conta com um time campeão de músicos e participações primorosas de artistas em ascensão nos Estados Unidos e também aqui no Brasil. Lydia Salnikova, pianista clássica e cantora russa radicada em Nashville gravou backing vocals em quase todas as canções. Sarah Clanton, de Nova York, colaborou gravando voz e cello em “Maybe”. Yann Marc, cellista britânico radicado em Paris, gravou seu instrumento com maestria em algumas faixas. Sarah Elizabeth Haynes, violinista com passagem pela Orquestra Sinfônica de Nova York, também deixou seu registro. Chico Macedo e Bruno Garcia (brasileiros) assumiram sax barítono/tenor e trompete respectivamente. Vale destacar os integrantes da “The 25 Miles Band”, que deram vida à mistura de influências do álbum, Dmitri Medeiros na bateria, Sandrinha Justino no violino, Bruno Dreadfino no órgão, Adson Silva no baixo e Roy Carlini na guitarra.

25 Miles abre com 4 Wheels & A Song, um rock com elementos do sul dos EUA. A canção que conta com a participação de Peu Kuyumjian, ex-The Voice Brasil e amigo de longa data de Galiano, tem arranjos inspirados no Memphis Sound com solos de violino, piano, guitarra e um ousado quarteto de metais. About Us é outra surpresa do CD, em sua melhor personificação de Springsteen e seu Heartland Rock, Galiano revela seu lado contador de histórias (inspirado também pelo brasileiro Fernando Sabino) em uma letra que fala sobre o amor nos pequenos gestos e os sonhos esquecidos. Com uma levada dominada por metais, violões e bandolim.  Leave Me Behind a primeira faixa de trabalho (que ganhou um videoclipe e levantou a bandeira sobre o tema “abandono de animais”), é um rock n’ roll direto e poderoso. Curiosamente, a faixa mais “pra cima” do disco elenca, como protagonista, o violão, e não as guitarras (como seria o esperado). Com inversões rápidas de acordes, uma bateria pulsante e uma voz sentida, Galiano entrega a música que talvez seja o testamento mais urgente de sua identidade. Outra faixa que tem absolutamente todos os instrumentos gravados pelo André, All my life é um rock direto, com um arranjo preenchido pelo órgão, coros aveludados e guitarras complementares (foram mais de 6 canais diferentes de guitarra empregados na música). A música fala do tema talvez mais retratado no universo roqueiro: a (im)probabilidade de um simples encontro se transformar em algo indelével. E a pergunta que fica é clara: será que “hoje” e “para sempre” podem significar a mesma coisa? Nessa música, ambos parecem se encontrar no tempo. Frozen Wings, apresenta Galiano em seu estilo mais pesado, trazendo elementos de Kiss, Led Zeppelin e até o grunge de Alice In Chains. A faixa é uma, entre apenas 3 músicas do álbum, que conta com um co-autor (as demais 22 foram compostas unicamente por ele). Neste caso o co-autor é Eduardo Viegas, primeiro parceiro musical de Galiano. Ambos dividiram os vocais e, além de cantar, André gravou guitarras e baixo. A bateria ficou por conta de outro amigo seu de infância, Felipe Tamburello. Os três formam a Sixxty9, banda de hard rock de Galiano que em breve lançará um disco com 12 faixas.

O estilo das demais faixas preserva a paixão de Galiano pelo Heartland Rock, um gênero musical criado na década de 1970 e que alcançou o seu auge na década de 1980 por conta do sucesso comercial de artistas como Bruce Springsteen, Bob Seger, Tom Petty, Eric Clapton e John Mellencamp.  Da agressividade do rock pesado ao lirismo das baladas, 25 Miles não é apenas um álbum que festeja a trajetória do artista, mas é também uma produção refinada e inteligente, com um toque atemporal, incomum nos dias atuais.

Fonte: assessoria de imprensa
Leia Mais ►

Leia e se apaixone pela literatura
de Marina Carvalho


Como falar de Marina Carvalho sem pensar em literatura? A autora conta que tudo começou em 2011, onde encorajada pela sua amiga começou a escrever e colocar vida para sua imaginação, “Não foi um processo fácil, tive que adaptar um tempo da minha semana para me dedicar a escrita e também esperar o processo criativo que pode vir a acontecer a qualquer hora”, destaca. Atualmente Marina tem 10 livros publicados com diversas narrativas para agradar a todos os gostos e agora no último semestre de 2019 lançará mais uma obra. Enquanto não temos esse lançamento em mãos deixaremos um compilado com todas as sinopses para você se encantar e se prender na leitura.

O primeiro livro intitulado “Simplesmente Ana” traz a história de Ana que descobre que seu pai é um rei! E ainda mais que quer a preparar para assumir seu lugar como herdeira e entre fortes decisões e conflitos internos a personagem desenrola seu enredo para um final feliz.

Marina logo em seguida partiu para o lançamento do seu segundo livro em 2013 “Ela é uma Fera!” que é uma releitura do clássico de William Shakespeare “A Megera Domada”, onde ela apresenta o grupo de personagens decisivos para a história, Clara, menina muito bonita que tem como admirador o sagas Henrique que quer ter sua chance com a menina, porém o pai de Clara só deixa a menina namorar se a filha mais velha Carolina estiver em um relacionamento. Henrique com suas artimanhas arruma um namorado para a menina chamado Pedro, o badboy da turma, porém os dois não dão certo juntos e traz mais confusão para a vida do jovem casal Clara e Henrique que querem estar juntos. Trazendo uma pitada de comédia e personalidades marcantes de cada personagem é um livro para devorar história por completo e torcer por todo mundo.

Mal o segundo livro foi lançado, em 2014 Marina ressurge com “Azul da cor do mar” que retrata histórias mal resolvidas no passado que surtem efeito no presente. Acaso? Destino ou Loucura? são as perguntas que nos fazemos quando é apresentada a dupla de jornalistas Rafaela e Bernardo que entre brigas e matérias tem que aprender a trabalhar juntos.

Você pensa que a autora iria ficar sem história para contar após esses enredos? A resposta é não! No mesmo ano Marina retorna com “De repente, Ana” continuação de seu primeiro livro que foi muito pedido pelos fãs, afinal a história de Ana não cabia só em um livro.

No meio desses contos de fadas da atualidade, em 2015 foi publicado “Elena - Filha da Princesa” onde nos é apresentado Elena, filha de Ana (SPOILER) que tem que lidar com os cargos da realeza em um mundo atual, com preocupações voltadas ao século XXI e também com o processo de crescer e se tornar alguém importante que orgulhe sua mãe.

Em 2016 trouxe mais uma novidade, “O amor nos tempos de ouro” trazendo desta vez o romance de época e os conflitos que os cercavam, “Como ser uma mulher independente? Como ter liberdade de escolha? Como viver algo maluco sendo que é proibido?” são questões levantadas ao decorrer da narrativa, podemos perceber que Marina englobou temas como igualdade de gênero e empoderamento feminino em uma obra que nos faz refletir e querer agir.

No mesmo ano houve uma publicação surpresa “A menina dos olhos molhados” que traz novamente a história de Rafaela e Bernardo, só que desta vez no ponto de vista do jornalista fechado e antipático para alegrar todos os fãs que gostariam de entender mais sobre o ponto de vista de cada um.

Chegamos agora em 2017, que também tem lançamento? TEM SIM. Marina apresenta “Ao gosto do Chef” onde nos apresenta a protagonista Fernanda, que teve  o melhor dia de sua vida quando tomou posse da diretoria das empresas de sua família e o pior, quando descobriu que não estava se alimentando direito. Astrid, sua secretária, e seu médico a tratam como uma criança voluntariosa que precisasse ser lembrada da hora do lanchinho da tarde. Arrasada, mas disposta a mudar seus hábitos, ela decide ouvir Astrid e contrata um personal cuisine para facilitar sua vida, mal sabendo que tudo iria se embolar mais do que espaguete à bolonhesa.

Logo em seguida a autora apresenta “A história de Malikah” que conheceu muito cedo toda a crueldade de que o ser humano é capaz. Escravizada e trazida ainda criança da África ao Brasil, sofreu as mais diversas formas de violência, especialmente depois de ter engravidado de Henrique, o filho do dono da fazenda onde trabalhava. Mesmo sendo resultado de uma relação de amor, estar grávida de um de seus senhores era uma afronta aos homens da casa-grande, por isso Malikah foi duramente castigada e quase morta. Malikah e seu bebê, Hasan, só conseguiram escapar com a ajuda de Cécile e Fernão, que lhes deram abrigo na Quinta Dona Regina, um lugar novo onde todos, brancos e negros, poderiam viver em liberdade. Porém, mesmo com a relutância de Malikah, Henrique continua por perto, arrependido por não ter protegido sua amada e tentando se aproximar de Hasan, fazendo assim que rendesse altas brigas. O livro também é conhecido como o “O amor nos tempos de Ouro 2” pois além de retornar a história de Cécile e Fernão, traz consigo todo o contexto histórico da época e o discurso de lutar para conquistar o direito à liberdade.

Chegamos ao último livro (até o momento) lançado por Marina Carvalho em parceria com a escritora Laura Conrado que trata sobre a história de Gabi e Lívia, duas apaixonadas por livros, se conheceram em uma comunidade sobre literatura em uma extinta rede social e não imaginavam que se tornariam melhores amigas e que criaram um blog de resenhas literárias, o Literalmente Amigas, que as renderiam altas histórias para contar e viver.

Fique de olho! A autora ainda tem muitas histórias para contar, trazendo um pouco da atualidade, um pouco da história de vida, uma pitada de criatividade e muitos personagens apaixonantes.

Fonte: assessoria de imprensa
Leia Mais ►

Aniversário no Arena Kids dá direito a futebol no campo da Arena Corinthians e
 visita do Mosqueteiro na hora dos parabéns
Cia do Tomate organiza festas infantis, adultos e escolares com transporte gratuito
O Camarote Arena Kids, localizado na Arena Corinthians em Itaquera, lança o espaço para a comemoração de aniversários infantis, adultos e festas escolares. Completamente estruturado para atender os dois públicos, o camarote conta com mais de 1.000 m2 e dois andares: o andar inferior planejado para atender festas infantis e escolares, e o superior para receber comemorações de adultos apaixonados pelo timão.
Com capacidade para receber mais de 300 pessoas em festas infantis e escolares, o espaço inferior oferece estações de videogame Playstation 4 com direito a simuladores, VR, brinquedão labirinto, brinquedos infláveis, jogos para pais e filhos, mini casinha do Mosqueteiro, futmesa, monitores especializados, presença do Mascote Mosqueteiro na hora dos parabéns, além da possibilidade de uma partida de futebol com os amiguinhos de até 13 anos no campo do gramado mais amado do Brasil.
Já o espaço superior, dedicado as festas de adultos, confraternização de amigos e despedidas de solteiros, tanto masculino quanto feminino, comporta 300 pessoas e oferece quadra de futebol society para uma partida com os amigos, espaço para balada, cardápio de churrasco, feijoada ou finger food, open bar, música ao vivo e muita diversão. Para qualquer tipo de festa, infantil ou adulto, o camarote Arena Kids também disponibiliza uma van de graça para os convidados.
Para quem prefere comemorar o aniversário em dias de jogos do Corinthians, com o valor do ingresso normal e um grupo mínimo de 5 pessoas, já é possível celebrar usufruindo do open bar e open food, e ainda ganhar o bolo e a visita do Mascote Mosqueteiro na hora dos parabéns.
 “O camarote foi idealizado para proporcionar à família momentos de lazer e diversão com criatividade, segurança e profissionalismo, já que estamos no mercado de entretenimento infantil há mais de 20 anos com a Cia do Tomate. A ideia é a de transformar o dia do jogo em uma verdadeira festa e de transformar a festa em um verdadeiro clássico com direito a partida de futebol no gramado oficial para as crianças de até 13 anos”, afirma Alessandro Tomazelli, idealizador do Arena Kids.
O espaço versátil também recebe empresas para convenções e eventos coorporativos. Quatro salas estruturadas e todo o andar superior do camarote podem ser usufruídos pelos executivos.
Em dias de jogos, a festa infantil custa a partir de 2 mil reais e crianças abaixo de 3 anos não pagam. A visita do Mascote Mosqueteiro trazendo o bolo no momento dos parabéns só não é o ponto auge da festa porque ainda tem jogo do Timão para assistir com os amigos. Os valores podem variar de acordo com o jogo da tabela. Já os pacotes de festas em dias sem jogos na Arena custam a partir de 5.400 reais. Mais informações pelo site www.camarotearenakids.com.br ou pelo telefone (11) 3801-3440
Festas Infantil, Adulto e Escolar no Camarote Arena Kids – Arena CorinthiansLocalização: camarote 601 (lado oeste) – 6º andar nº 601
Endereço: Avenida Miguel Ignácio Curi, 111 - Itaquera – São Paulo – SP
Mais informações: www.camarotearenakids.com.br ou www.ciadotomate.com ou pelo telefone: (11) 3801-3440 / (11) 96900-2200

Fonte: assessoria de imprensa
Leia Mais ►

Palestrantes e congressistas destacam a
 excelência dos debates promovidos pela 13ª CBH



Um evento que entrará para história pela qualidade e atualidade das discussões, bem como pela capacidade de promover encontros estratégicos. Este é o saldo da 13ª Convenção Brasileira de Hospitais (13ª CBH). Um encontro que reuniu gestores hospitalares, lideranças institucionais e governamentais, além de empresas líderes em tecnologia e inovação em serviços de saúde, para discutir  parcerias e experiências que contribuam para ampliação da capacidade hospitalar no país. O encontro levou mais de mil congressistas, nos dias 1º e 2, para o Gran Hotel Resort Stella Maris, em Salvador. 

Promovida pela Federação Brasileira de Hospitais (FBH) e por suas Federadas, que há mais de 50 anos atuam na representatividade do setor hospitalar do país, a 13ª edição da CBH foi marcada não apenas pela excelência dos debates promovidos, como também pela vitrine institucional que oportunizou. O evento contou com uma estratégica área expositora de produtos inovadores para a gestão hospitalar, tecnologias e soluções gerenciais para o setor.

“A nossa avaliação é que o resultado da 13ª CBH foi excelente. Só temos a agradecer ao povo baiano pela acolhida. Uma das missões da Federação Brasileira de Hospitais (FBH) é justamente a de levar mais conhecimento a nossos gestores hospitalares, e municiá-los de informações que lhes ajudem cotidianamente na gestão de seus estabelecimentos. Acredito que a convenção alcançou o seu objetivo, pela excelência dos debates que aqui presenciamos”, destacou o presidente da FBH, Adelvânio Francisco Morato.

O presidente da Associação de Hospitais e Serviços de Saúde do Estado da Bahia (ASHEB), Mauro Adan, agradeceu a oportunidade de sediar a 13ª Convenção Brasileira de Hospitais e destacou o excelente resultado. “Os nossos associados, as pessoas do Estado que estiveram presentes, do Brasil como um todo, saíram daqui celebrando, porque entenderam que os temas discutidos foram de grande valia para o dia a dia das instituições. As palestras trouxeram temas importantes e estratégicos. Temos um mercado com muitos desafios, com uma mudança muito constante, e acredito que essa Convenção foi um sucesso. A FBH e as suas federadas estão de parabéns. A gente precisa fortalecer cada vez mais esse movimento para que a 14ª CBH possa ser ainda mais grandiosa”, avaliou.

SATISFAÇÃO
A programação da 13ª Convenção Brasileira de Hospitais foi especialmente elaborada levando em consideração os temas mais atuais que estão em prioridade na agenda estratégica do Setor Saúde. Durante dois dias, os participantes se integraram a um rico ciclo de debates, receberam capacitação e atualizações importantes sobre o segmento, e assistiram a apresentações de cases, novidades do setor e de novas tecnologias, com palestrantes renomados, nacionais e internacionais. 

“Foi um evento bem consistente, com um conteúdo atualizado. Os palestrantes tiveram um conhecimento bem forte daquilo que estavam discutindo. Eu gostei do modelo de ter os três cenários e depois abrir para um debate. Achei que isso engrandeceu e serviu como um fechamento mais substanciado dos assuntos. Essa 13ª Convenção Brasileira de Hospitais me trouxe muito conteúdo atualizado, volto com a bagagem cheia, e vou estar aplicando na prática, no meu ambiente de trabalho”, garantiu a gerente geral de Clínicas de Oncologia do Espírito Santo, Vitória Xavier.

Foram mais de 20 palestras simultâneas e mais cinco salas temáticas, abordando temas como a ampliação da capacidade hospitalar, a qualificação do atendimento, e o resultado. Para o diretor técnico da Clínica da Obesidade, Sérgio Braga, a qualidade dos debates foi impressionante. “Eu participei de umas oito palestras durante esses dois dias e foi bem produtivo, tudo muito útil para o meu crescimento profissional. Tiveram vários temas que estão em volga, bem na mídia, e a gente teve a oportunidade de discutir com os maiores especialistas do Brasil. É a primeira vez que estou nessa Convenção e fiquei surpreso com a estrutura. No próximo evento participarei com certeza e vou trazer mais profissionais da minha equipe para poder aproveitar ainda mais o conteúdo”, disse.

O mesmo entusiasmo e expectativas também foram compartilhados pelos palestrantes da 13ª CBH. “Foi uma honra participar dessa Convenção. Achei um evento fantástico, com uma organização impecável. Uma qualidade muito ressaltada das inscrições, dos debates, das apresentações. Esse tema mesmo que eu dei a palestra é super atual. Já participei de várias convenções, seminários, mas eu gostei especialmente desse, porque não falamos somente de teoria, conseguimos um contexto prático daquilo que vem sendo discutido. Isso enriquece, ajuda muito no desenvolvimento do setor e facilita muito o trabalho, no nosso caso, de regulador, porque a gente começa a ver que as nossas orientações estão sendo aplicadas. Isso nos trouxe uma grande felicidade”, comentou Rodrigo Aguiar, diretor de desenvolvimento setorial da Agência Nacional de Saúde (ANS), que ministrou a palestra “Implementação de Modelo de Remuneração Baseados em Valor”. 

Arnaldo Pedroso, diretor de relacionamento da Pare Bem, uma das maiores empresas do Brasil na gestão e operação de estacionamentos, ressaltou a vitrine de relacionamentos que a 13ª Convenção Brasileira de Hospitais proporcionou aos expositores. “Encontramos neste evento um lugar para divulgar os nossos serviços e poder entender também as aspirações dos hospitais e clínicas do Brasil. Aqui tivemos todas as pessoas do setor saúde num mesmo local, aí ganhamos uma velocidade muito grande da divulgação da marca. Esta foi uma exposição tipicamente de relacionamentos e divisão de conhecimentos. O campo que a gente precisava. Foi um sucesso”, concluiu.

Fonte: assessoria de imprensa
Leia Mais ►

Artistas pintam grafites em galeria
 a céu aberto de Itapevi


A Prefeitura de Itapevi, em uma iniciativa para revitalizar a Av. Feres Nacif Chaluppe, convidou 18 artistas para transformar a fachada da avenida em uma galeria a céu aberto, que será batizada de West Side Gallery. Inspirada na Galeria East Side Gallery de Berlim, na Alemanha, a galeria da cidade será maior que o Beco do Batman, famoso mural de grafite, na Vila Madalena, em São Paulo.


A cidade de Itapevi, na Grande São Paulo, já conta com o maior grafite do mundo, pintado pelo artista Kobra, na fachada da empresa Cacau Show. A nova galeria será pintada no Corredor Oeste, na região central, em trecho de 630 metros lineares, totalizando 3.784 metros quadrados.

O projeto tem a curadoria da tem Instagrafite. Entre os artistas envolvidos no projeto estão o casal Chivitz e Camila Pavanelli – esta última mais conhecida como Minhau. Obras dos dois grafiteiros podem ser encontradas em vários endereços da capital, como estação da Luz, as ruas Augusta e Frei Caneca e alguns muros do Brás.

O artista Sipros, que é de Itapevi, também estará presente. Ele já tem pinturas em diversos países, como Estados Unidos, México, China, entre outros.

Guilherme Matsumoto, mais conhecido como Xguix, tem influência de HQ e traz para as paredes desenhos humanizados. Seu estilo é criar figuras que não existem no mundo real, de forma lúdica e mágica.

Os trabalhos tiveram início no domingo, 4 de agosto e a conclusão está agendada para sábado, 10, quando também haverá apresentações musicais no local.



“Valorizar a arte urbana é um dos nossos objetivos. Já temos prédios públicos, viadutos e outras paredes em diversas vias grafitadas e agora queremos dar oportunidade a mais artistas para atuarem diretamente no embelezamento urbano”, destacou o prefeito Igor Soares.



Serviço

Domingo, 4/8 a sábado 9/8
A partir das 10hs
Av. Feres Nacif Chaluppe, s/n,
Centro – Itapevi







Fonte: assessoria de imprensa
Leia Mais ►

Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro
 sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila

Resultado de imagem para Moracy do Val Show!

Amanhã, 07 de agosto, das 18h30 às 21h30, a Livraria da Vila realiza o lançamento do livro Moracy do Val Show!  (Independente, 192 pp, R$59,90), dos jornalistas Celso Sabadin eFrancisco Ucha. O evento será realizado na unidade Livraria da Vila da Fradique (Rua Fradique Coutinho, 915) em Pinheiros.

Em Moracy do Val Show!, Sabadin e Ucha mostram a trajetória de um dos maiores produtores culturais da era de ouro da música brasileira. Jornalista, repórter, produtor e agitador cultural, Moracy do Val sempre esteve no centro dos grandes acontecimentos artísticos do Brasil, descobrindo talentos, produzindo espetáculos e divulgando nossa cultura. Mais conhecido como o “inventor” e descobridor do grupo Secos & Molhados, Moracy também transitou sempre com muita liberdade e criatividade pelos palcos, musicais, espetáculos teatrais, casas noturnas e produções cinematográficas brasileiras. Moracy do Val Show! é um mergulho pela música, pelo teatro e pelo cinema de um Brasil que fervilhava artisticamente.

O livro Moracy do Val Show! está à venda em todas as unidades da Livraria da Vila. Para mais informações, acesse o site https://livrariadavila.com.br/event/moracy-do-val-show/

Serviço - Lançamento do livro “Moracy do Val Show!”
Data do evento: 07 de agosto, quarta-feira
Hora: das 18h30 às 21h30
Local: Livraria da Vila - Fradique
Endereço: Rua Fradique Coutinho, 915 - Pinheiros - São Paulo /SP

Sobre a Livraria da Vila
Há 33 anos no mercado, a Livraria da Vila possui oito lojas na Grande São Paulo e mais três unidades no Paraná. Consolidada como referência no cenário editorial, busca cada vez mais apresentar-se como um local acolhedor, receptivo e democrático, tornando-se ponto de encontro dos amantes dos livros, da literatura, da música e das artes. Muito mais do que um lugar que reúne grandes obras da literatura – são mais de 200 mil títulos em seu acervo, continuamente atualizado –, a Livraria da Vila se preocupa em participar ativamente das comunidades que cercam suas unidades. Todos os dias, os mais variados eventos são oferecidos gratuitamente ao público: palestras, rodas de conversa, pocket shows, clubes de leitura e atividades infantis diversas compõem uma programação para lá de especial.

Fonte: assessoria de imprensa
Leia Mais ►

AZ Escolas em Rede lança projeto de aulas gratuitas e ao vivo em rede social


AZ Escolas em Rede, marca da Conexia, empresa do Grupo SEB Educação, criada para pensar a educação do futuro, inicia no dia 8 de agosto, próxima quinta-feira, um novo projeto com aulas ao vivo no Youtube, gratuitas e disponíveis ao público.

A “Live Enem de A a Z” foi criada com o objetivo de dar dicas valiosas para a preparação para o Enem – Exame Nacional do Ensino Médio, que acontece em novembro. “A nova ação do AZ vem para reforçar nosso DNA como marca aprovadora, com diversas ferramentas inovadoras e personalizadas que contribuem para um melhor resultado na aprendizagem”, explica Felipe Sundin, Diretor do AZ Escolas em Rede.

Em agosto, os temas de debate são, respectivamente: Ciência do Aprendizado, Redação, Matemática, Humanas; em setembro: Natureza, Linguagens, Redação e Matemática; em outubro: Humanas, Natureza, Linguagens, Redação e Linguagens, Humanas e Redação; e em novembro, as últimas edições são sobre Linguagens, Humanas e Redação, e em duas semanas, Matemática e Natureza.

As aulas acontecerão todas às quintas-feiras, das 18h30 às 20h30, no Youtube do AZ Escolas em Rede.

Conexia
A Conexia é uma empresa do Grupo SEB (Sistema Educacional Brasileiro), criada para pensar na educação do futuro, fornecendo para instituições de Educação Básica inúmeras soluções educacionais, que vão desde o uso da inteligência artificial até as mais modernas ferramentas para auxiliar professores e diretores no ensino e gestão das escolas. Pensando nos desafios da educação, a Conexia entrou no mercado atendendo mais de 300 parceiros e 100 mil alunos, e tem como objetivo reinventar o mercado de sistemas de ensino no país, realizando a transformação digital nas escolas e atuando como um hub de serviços nas áreas de tecnologia educacional e bilinguismo, que se conectam por meio de marcas renomadas, como as escolas em Rede AZ, Pueri Bilíngue, Múltiplo e High Five Bilingual School. Saiba mais em www.conexia.com.br.

Fonte: assessoria de imprensa
Leia Mais ►