Música - repertório de David Bowie


André Frateschi e banda Heroes apresentam
tributo a David Bowie no Teatro MorumbiShopping

Banda pinça clássicos da carreira de Bowie entre mais de 80 canções ensaiadas por eles há 10 anos. Lazarus, do último disco de Bowie, é a faixa mais recente que já consta no repertório do show


 

Ator e músico, André Frateschi decidiu, há 10 anos, criar um show com repertório de David Bowie (1947 – 2016), artista que por décadas reinventou sua arte e a expressou das mais diversas formas, seja na música, no cinema, nas artes plásticas ou nas performances excêntricas em palco. O show apresentado por André e pela banda Heroes em tributo ao artista britânico acontece dias 12 e 13 de agosto, sexta e sábado, às 21h, no Teatro MorumbiShopping.

Segundo André, os diversos personagens que David Bowie assumiu durante a carreira, que inclusive lhe deram o apelido de Camaleão do Rock, inspiraram o artista a desenvolver uma caracterização que homenageasse David sem copiá-lo em nenhum aspecto. A maquiagem, o cenário e as luzes estão sempre em diálogo com a obra de Bowie propondo releituras dos seus momentos mais icônicos.

Especializados no repertório do artista britânico, André conta que mais de 80 músicas de Bowie estão no repertório da banda, que seleciona uma série delas para cada show a depender do local, duração e público previsto.

No Teatro MorumbiShopping, André promete um show com músicas para piano e os clássicos Ziggy Stardust, Let’s Dance, Space Oddity, China Girl e Starman. Integra também no repertório o último single lançado em vida por Bowie, Lazarus, do CD Blackstar. A faixa ganhou um videoclipe onde Bowie canta na maior parte do tempo deitado sobre uma cama de hospital. O cantor faleceu pouco tempo depois do lançamento desse single.

André conheceu o trabalho de David Bowie aos sete anos com o LP Alladin Sane e a partir de então se tornou fã inveterado do artista. A ideia de criar uma banda que tocasse apenas o repertório de Bowie existia há anos, mas aconteceu de fato em 2005, quando André chamou amigos músicos da cena do rock paulistano, também aficcionados pelo “Camaleão”, para fechar o time. Os artistas vieram de bandas como o Numismata, Seychelles, Banda Paralela e Chimpanzé Clube Trio.

O Heroes toca desde 2005 nas principais casas de São Paulo, com destaque para a temporada de sete anos ininterruptos no Studio SP (Atual Anexo B, localizado na rua Augusta). Segundo André, a banda foi precursora na geração de covers que surgiram em seguida. O ator e cantor ressalta que a crítica especializada se mostrou atenta a esse movimento, publicando reportagens sobre o grupo em veículos como a Folha de São Paulo, Veja, Jornal da Tarde, MTV e Época, entre outros.
  

Sobre André Frateschi 
André Frateschi (São Paulo, 29 de março de 1975) é um ator e músico brasileiro. Filho dos atores Denise del Vecchio e Celso Frateschi. O vocalista tem uma sólida carreira em trabalhos de covers e versões, especialmente de David Bowie e Amy Winehouse, alguns deles ao lado da esposa, Miranda Kassin, que também participa do tributo. Em 2014, lançou o primeiro disco autoral, Maximalista. Em 2015, se tornou integrante da banda Legião Urbana.

Sobre David Bowie 
David Bowie, nome artístico de David Robert Jones, (Brixton, Londres, 8 de janeiro de 1947 — Manhattan, Nova Iorque, 10 de janeiro de 2016) foi um cantor, compositor, ator e produtor musical inglês. Por vezes referido como "Camaleão do Rock" pela capacidade de sempre renovar sua imagem, é uma importante figura na música popular há cinco décadas e é considerado um dos músicos populares mais inovadores e ainda influentes de todos os tempos, sobretudo por seu trabalho nas décadas de 1970 e 1980, além de ser distinguido por um vocal característico e pela profundidade intelectual de sua obra.

Embora desde cedo tenha realizado o álbum David Bowie e diversas canções, Bowie só chamou a atenção do público em 1969, quando a canção "Space Oddity" alcançou o quinto lugar no UK Singles Chart. Após um período de três anos de experimentação, que incluem a realização de dois significativos e influentes álbuns, The Man Who Sold the World (1970) e Hunky Dory (1971), ele retorna em 1972 durante a era glam rock com um alter ego extravagante e andrógino chamado Ziggy Stardust, sustentado pelo sucesso de "Starman" e do aclamado álbum The Rise and Fall of Ziggy Stardust and the Spiders from Mars. Seu impacto na época foi um dos maiores cultos já criados na cultura popular.[1] Em 1973, o disco Aladdin Sane levou Ziggy aos EUA. A vida curta da persona revelaria apenas uma das muitas facetas de uma carreira marcada pela reinvenção contínua, pela inovação musical e pela apresentação visual.

Para roteiro
André Frateschi & Heroes - Tributo a David Bowie. Dias 12 e 13 de agosto, sexta e sábado, às 21h, no Teatro MorumbiShopping. Ingressos: R$ 50,00 (inteira) e R$ 25 (meia). Classificação: 16 anos. Duração: 80 minutos. Capacidade: 250 lugares.

Horário de funcionamento da bilheteria: de terça a quinta, das 13h às 20h. Sexta e sábado, das 13h às 21h e domingo, das 13h às 19h. Telefone: 5183-2800. Estacionamento Comum: até 2 horas – R$ 15,00. Demais horas: R$ 3,00. Estacionamento Valet: até 1 hora – R$ 18,00. Demais horas ou fração adicional – R$ 8. Estacionamento Motos: a cada 4 horas – R$ 10. Teatro MorumbiShopping. Endereço: Av. Roque Petroni Junior, 1089, Estacionamento do Piso G1, Jardim das Acácias, São Paulo.

Fonte: assessoria de imprensa Arteplural Comunicação

Receba nosso News Letter

Anuncie aqui

Saiba mais: 11-4113-6820