"Só... entre Nós" reestreia no Centro Compartilhado de Criação

"Só... entre Nós" reestreia no Centro Compartilhado de Criação


O diretor busca transformar referências poéticas e das artes 
visuais em cena dando, assim, vida ao texto de Franz Keppler



O triângulo amoroso descrito por Franz Keppler em SÓ…ENTRE NÓS retorna aos palcos paulistanos em 2 de julho, sábado, às 21 horas, para temporada no Centro Compartilhado de Criação (CCC). Dirigido por Joca Andreazza, o espetáculo tem no elenco os atores Marcia Nemer-Jentzsch, Tiago Martelli e Vitor Placca e conta a história de um relacionamento a três vivido entre um professor de música, sua mulher e seu aluno.

Entre as referências do diretor Joca Andrezza para a direção, estão as telas de Edward Hopper com suas melancólicas figuras imersas na solidão humana, e nas quais o espectador assume a figura de um voyer, olhando por um telescópio  através de uma janela.

“A encenação procura respeitar acima de tudo autor, atores e público: o primeiro por não querer ser maior que a poesia dura e urbana do tema dos encontros e desencontros (que não obedecem a cronologia dos fatos) e sinalizam a solidão como legado das relações humanas nos grandes centros; o segundo por mostrar os atores como protagonistas da cena teatral (esquecidos pelo teatro pós-dramático, no qual apenas o encenador aparece aos olhos dos espectadores); e o terceiro pela constatação de que tudo que ultrapassa a duração da atenção que o ser humano presta à obra de arte não constitui um poema”, afirma Andreazza. 

A peça nasceu após Franz Keppler ter uma noite de inverno na casa de amigos. Regadas a vinho, as longas conversas sobre a vida tinham como fundo a Suíte Número 1, de Bach. “Na volta para casa na madrugada fria, a melancolia do clima, o medo das perdas, a lembrança dos amores que terminaram, o vazio das ausências preenchido pelas memórias. Fui dormir embalado por todas essas sensações”, explica Keppler. “Na manhã seguinte, senti uma vontade enorme de escrever sobre tudo isso. As palavras foram surgindo no computador e, aos poucos, SÓ…ENTRE NÓS foi se transformando em uma peça”, completa.

Geometria
Quando Joca foi convidado para assumir a direção, a peça já tinha sido apresentada numa edição do Satiryanas em versão bem mais curta. “Peguei aqueles 17 minutos iniciais e tive que trabalhar ideias para que eles se transformassem em uma peça de fato. O texto do Franz e a ideia já estavam lá, pincelei a encenação com o congelamento dos atores, desenhados em progressões de novos jogos de aproximação e distâncias. A cena é estruturada em linhas de uma geometria imaginária que amplia as ausências e os silêncios ora de um, ora de outro personagem, provocando encontros que rompem a temporalidade linear previsível do tempo, para determinar na atemporalidade a sustentação de uma poética que se confirma no sentir, não mais pela ação”, explica. 

A trilha sonora é composta unicamente da Suíte n°1 para Violoncelo, de Bach, intrinsicamente ligada à ação da peça e às lembranças dos personagens e permeia também a movimentação dos atores em cena. Composta por Bach entre 1717 e 1723, essa é uma das peças mais intensas emocionalmente do repertório barroco, aproveitando-se ao máximo da profundidade emocional do violoncelo através de uma enorme variedade de técnicas. Em seis movimentos, a obra age como uma conversação musical – passagens agudas são ecoadas por reflexões tocadas em tom grave e acordes densos acompanhados por delicados floreios ornamentais. Seu movimento mais famoso, o prelúdio, é um grande exemplo da genialidade de Bach. Não há acompanhamento, mas a harmonia se constrói nota a nota como uma jornada musical na qual notas são insinuadas mais do que tocadas. 


Para roteiro:

SÓ… ENTRE NÓS – Reestreia 2 de julho, sábado, às 21 horas, no CCC – Centro Compartilhado de Criação. Texto – Franz Keppler. Direção – Joca Andreazza. Elenco – Marcia Nemer-Jentzsch, Vitor Placca e Tiago Martelli. Iluminação – André Lemes. Preparação Corporal – Ricardo Galli. Fotos divulgação – Michel Igielka. Duração – 45 minutos. Recomendado para maiores de 12 anos. Temporada – Sábados às 21 horas e domingos às 20 horas. Ingressos – R$ 20,00 (inteira) e R$ 10,00 (meia). Vendas online pelo site www.ingressorapido.com.br. Até 24 de julho.

CCC – CENTRO COMPARTILHADO DE CRIAÇÃO – Rua James Holland, 57, Barra Funda. Telefone - 3392-7485. Capacidade - 56 lugares.


Fonte: Nossa Senhora da Pauta

Receba nosso News Letter

Anuncie aqui

Saiba mais: 11-4113-6820