Dia dos Mortos com estilo mexicano



Por Carina Gonçalves

Aqui no Brasil, o dia 2 de novembro é dedicado à lembrança dos entes queridos. Não fazemos festas ou eventos animados. Para a grande maioria das pessoas, é um dia de homenagens intimistas e reservadas para familiares e amigos, que costumam fazer uma oração ou visitar o túmulo de quem já partiu.

No entanto, no México, o Dia dos Mortos é celebrado de maneira mais festiva, que começa no dia 31 de outubro e finaliza no dia 2 de novembro, mesma data das tradições católicas (Dia dos Fiéis Defuntos) e, também, Dia de Todos os Santos. Essa cultura tem origem indígena, da qual é comum em outros países da América Central e em algumas regiões dos Estados Unidos, que concentra comunidades mexicanas.

Para quem deseja conhecer mais sobre a cultura festiva do Dia dos Mortos, indico assistirem o filme infantil “A Festa no Céu”, que narra à história de um casal apaixonado e tem como pano de fundo uma das festas mexicanas mais animadas, pois, segundo dizem, os mortos vêm visitar seus parentes. Ela é festejada com comida, bolos, festa, música e doces preferidos dos mortos, os preferidos das crianças são as caveirinhas de açúcar. Segundo a crença popular, nos dias 1 e 2, chamados de Días de Muertos, os mortos têm permissão divina para visitar parentes e amigos. Por isso, as pessoas enfeitam suas casas com flores, velas e incensos, e preparam as comidas preferidas dos que já partiram. As pessoas fazem máscaras de caveira, vestem roupas com esqueletos pintados ou se fantasiam de morte.

Ao leitor que busca saborear um pouco desta cultura, indicamos a “Sauza Tequila”, que recebemos aqui na redação com um kit especial temático do “Dia de los Muertos”.

Vejam nas fotos:










Receba nosso News Letter

Anuncie aqui

Saiba mais: 11-4113-6820