Dia Nacional de Combate ao Colesterol

Avaliação do nível do colesterol e prevenção contra doenças cardíacas ou cerebrovasculares


Hoje, 8 de agosto, é comemorado o Dia Nacional de Combate ao Colesterol, substância gordurosa encontrada no nosso organismo que é produzida em excesso quando ingerimos alimentos ricos em gordura saturada ou gordura trans.

“Com o tempo, este acréscimo de colesterol pode entupir as artérias, o que aumenta as chances de um ataque cardíaco ou acidente vascular cerebral”, explica a Dra. Glaucia Carneiro, endocrinologista da SBEM-SP.


Níveis de colesterol
Existem 2 tipos de colesterol:

HDL é o "colesterol bom", que ajuda a limpar a gordura e o colesterol dos vasos sanguíneos. Quanto maior ele for, melhor.

LDL é o "mau colesterol", que carrega o colesterol para os vasos sanguíneos, obstruindo-os “como a ferrugem em um tubo”. Quanto menor ele for, melhor.

“O exame de sangue realizado para medir os níveis de colesterol é chamado de perfil lipídico. Se você tiver mais de 20 anos de idade, verifique seu colesterol pelo menos a cada 5 anos. O exame pode ser realizado com mais frequência se os níveis de colesterol estiverem elevados”, alerta Dra. Glaucia.


Colesterol alto: O que é preciso saber
Quando os níveis de colesterol LDL no sangue estão elevados, ele se acumula nas paredes das artérias. Com o tempo, esse acúmulo causa "endurecimento das artérias" que se estreitam, retardando ou bloqueando o fluxo de sangue para o cérebro e o coração, causando um enfarte ou derrame.

O objetivo principal do tratamento de redução do colesterol é baixar o nível de LDL para reduzir o risco de desenvolver doença cardíaca ou cerebral.

“Há duas maneiras de reduzir o colesterol no sangue: (1) mudanças no estilo de vida, que inclui uma redução do colesterol na dieta, atividade física e controle de peso, e; (2) tratamento com medicamentos redutores de colesterol que são usados em conjunto com o tratamento de mudanças de estilo de vida para ajudar a diminuir o LDL”, conlui a médica.


Sobre a SBEM-SP

A SBEM-SP (Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia do Estado de São Paulo) pratica a defesa da Endocrinologia, em conjunto com outras entidades médicas, e oferece aos seus associados oportunidades de aprimoramento técnico e científico. Consciente de sua responsabilidade social, a SBEM-SP presta consultoria junto à Secretaria de Saúde do Estado de São Paulo, no desenvolvimento de estratégias de atendimento e na padronização de procedimentos em Endocrinologia, e divulga ao público orientações básicas sobre as principais moléstias tratadas pelos endocrinologistas.


Receba nosso News Letter

Anuncie aqui

Saiba mais: 11-4113-6820