Neste sábado acontece caminhada de combate à dor em São Paulo

Ação chamada “Pare a Dor” é gratuita e promove a saúde e o bem-estar aos participantes

A Sociedade Brasileira para o Estudo da Dor (SBED) realiza, com o apoio da Zodiac Farmacêutica, as Caminhadas Pare a Dor, no Parque do Ibirapuera, Zona Sul da capital paulista. O evento é aberto ao público e os interessados em participar só precisam comparecer ao Portão 7 do Parque do Ibirapuera, na Avenida República do Líbano, às 8h20, toda quinta e sábado de cada mês.

A ação faz parte da campanha “A Dor Para a Vida das Pessoas. Pare a Dor”, promovida com o objetivo de incentivar as pessoas que sofrem com dor crônica a praticar atividades físicas regularmente. O percurso de aproximadamente cinco quilômetros é realizado em ritmo agradável e já conta com um grupo assíduo. “Eu me sinto leve, perdi peso e parei de sofrer com as dores nos joelhos e na lombar. Estou há cerca de um ano e meio no grupo da caminhada e recomendo para todas as minhas amigas, é muito divertido e aqui ainda fazemos amizades”, conta Judete Soares, 57 anos.

No término da caminhada acontece uma série de alongamentos promovidos por um personal trainer e uma fisioterapeuta que oferecem relaxamento e bem-estar.

SERVIÇO:
Caminhada Pare a Dor
Local: Parque do Ibirapuera, Av. República do Líbano, Portão 7
Data: Todas às quintas-feiras e sábados de cada mês
Horário: às 8h20
Agenda restante de junho:
Dia 29 – Sábado

O que é a dor - Dados da Organização Mundial de Saúde (OMS) indicam que 30% da população mundial sofre de dores crônicas. De acordo com a Associação Internacional para o Estudo da Dor (IASP), ela se caracteriza como experiência sensorial e emocional desagradável associada a um dano real ou potencial dos tecidos, ou descrita em termos de tal dano. O numero de pessoas que sofre desses sintomas chega a quase 60 milhões de pessoas somente no Brasil.


A dor é um sintoma e uma das causas mais frequentes da busca por auxílio médico. Para conhecer o impacto da dor no estado do paciente, criaram-se formas de mensurá-la, com medidas que consiste em fazer a avaliação por meio de uma escala numérica de zero a dez. Para obter um diagnóstico correto, é importante procurar um profissional de saúde.

Fonte: MAPA Comunicação Integrada

Receba nosso News Letter

Anuncie aqui

Saiba mais: 11-4113-6820